A categoria de TI, informática e internet ficou com a maior fatia do ranking desenvolvido pela Deloitte que indica as 250 pequenas e médias empresas (PMEs) que mais crescem no Brasil. O setor representa 29% da lista, ou seja, 70 das 250 empresas apresentadas.

Outros segmentos com destaque são o de serviços especializados, representado por 13% das companhias, e prestação de serviços, com 10%.

A receita líquida das 250 empresas listadas no ranking soma R$ 14 bilhões. As organizações são, majoritariamente, de controle familiar (73%), seguidas pelas de controle pulverizado (20%).

Para configurar no ranking da pesquisa, as empresas deveriam possuir receita líquida entre R$ 3 milhões e R$ 300 milhões em 2012, não fazer parte de um conglomerado empresarial com mais de 50% do seu capital controlado por estrangeiros, não estar vinculada a grupo empresarial com receita líquida igual ou superior a R$ 2 bilhões por ano e estar em fase operacional, no Brasil, há mais de cinco anos.

A região sudeste conta com 57% das 250 empresas do ranking. A região sul conta com 30%, enquanto a nordeste fica com 9%. As regiões norte e centro-oeste têm 4% das companhias.

A lista foi organizada por meio de um questionário disponível no site da Deloitte. O convite para participar do estudo foi enviado por e-mail para aproximadamente 16 mil empresas. Dessas, 464 empresas responderam ao questionário, 393 enviaram as demonstrações financeiras e 333 atenderam a todos os critérios.

A primeira empresa de TI da lista é a DClick, que ocupa o 3º lugar do ranking. Com receita líquida de R$ 17,4 milhões em 2012, ela alcançou um crescimento de 489% em relação aos R$ 2,9 milhões atingidos em 2010. Fundada em 2005, a DClick atua com mobile, UX, BI, outsourcing e desenvolvimento de aplicativos. A empresa já desenvolveu projetos para Petrobras, Embraer, Johnson&Johnson, Porto Seguro e Yahoo.

7. Grupo i9: cresceu 338,8% entre 2010 e 2012, alcançando receita líquida de R$ 22,2 milhões. A i9 é uma holding especializada em plataforma Microsoft com matriz em São Paulo e filiais em Curitiba e Rio de Janeiro

12. Teevo: cresceu 248,5% entre os anos avaliados e chegou a uma receita de R$ 49,9 milhões em 2012. A empresa presta serviços nas áreas de equipamentos, consultoria e projetos, suporte e outsourcing. A Teevo trabalha com fabricantes como HP, Microsoft, Trendmicro, Cisco e VMware.

14. Enalta Inovações: entre 2010 e 2012, passou de R$ 3,1 milhões para R$ 10,6 milhões em receita, o que representou um crescimento de 234,9%. A companhia fundada em 1999, desenvolve equipamentos e programas para gestão e otimização de processos operacionais e soluções para automação das atividades.

18. Acesso Digital: apresentou 216% de crescimento em dois anos. Sua receita em 2012 foi de R$ 20,9 milhões. Criada em 2002, a companhia atua na gestão de documentos. Entre seus clientes estão Bradesco Cartões, Tim, Itaú, Tam e O Boticário.

22. Exceda: aumentou em 183% sua receita, passando de R$ 20,6 milhões para R$ 58,5 milhões em dois anos. Sua atuação é no segmento de aceleração de aplicativos, segurança e streaming. A empresa já desenvolveu projetos para Carrefour, Embraer, Rede Globo e Cielo.

25. ClearSale: passou de uma receita de R$ 16 milhões em 2010 para R$ 41,6 milhões em 2012, um crescimento de 160,5%. A ClearSale é focada em gestão de risco para e-commerce e já trabalhou com PontoFrio, Gol e Americanas.com.

35. P3Image: com um crescimento de receita de 137,4% em dois anos, chegou a R$ 13,2 milhões em 2012. A empresa atua no mercado de gestão de documentos e tem entre seus clientes Dafiti, HSBC, IBM e Avon.

37. TI Métricas Serviços: apresentou alta de 133,4% na receita. A empresa passou de R$ 5,3 milhões em 2010 para R$ 12,5 milhões em 2012. A companhia é especializada na aplicação de métricas de software à tecnologia da informação.

38. SIS – Solução Integrada de Sistemas: com uma receita de R$ 6,9% milhões em 2012, teve alta de 130,3% em relação ao R$ 3 milhões alcançados em 2010. A empresa trabalha com outsourcing de infraestrutura e aplicações.

40. Gemelo do Brasil: passou de uma receita de R$ 9 milhões em 2010 para R$ 20,6 milhões em 2012, alcançando aumento de 127,8%. Atuando no segmento de outsourcing, já atendeu clientes como Bradesco, Carrefour e Telefônica.

49. ISH Tecnologia: aumentou em 113,3% sua receita. A cifra passou de R$ 23,7 milhões em 2010 para R$ 50,7 milhões em 2012. Sua atuação passa por segurança, infraestrututa, soc/noc e data center. Entre seus clientes estão Banco do Brasil, C&A, Dell e Honda.

53º. MV Sistemas: alcançou R$ 141,7 milhões em receita em 2012, o que representou um crescimento de 107,5% em relação ao valor de 2010. Especializada na área da saúde, a empresa afirma que mais de 800 instituições, 80 mil médicos e 250 mil profissionais usam as soluções da MV no Brasil, na África e América Latina.

54. StarSoft: cresceu 107,5% de 2010 para 2012, atingindo uma receira de R$ 11,3 milhões. A fornecedora de ERPs tem entre seus clientes a Andrade Gutierrez, a Diletto Gelato Italiano e a Universidade Gama Filho.

55. Consinco Tecnologia & Sistemas: com crescimento de 107,2% na receita em dois anos, a empresa passou de R$ 12 milhões para R$ 25 milhões. A provedora nacional de ERPs para varejistas, atacadistas e distribuidoras tem uma carteira de clientes com mais de 150 grupos empresariais, um total de 1,3 mil estabelecimentos e cerca de 22 mil usuários.

65. BExpert: com receita passando de R$ 6,3 milhões para R$ 12,4 milhões em dois anos, a empresa atingiu alta de 94,6%. Especialista na implementação das soluções CRM, a empresa já atendeu companhias como CVC, Sky, Oi e Sicredi.

68. I4PRO – Insurance For Professionals: teve alta de 93,6% na receita em dois anos, alcançando R$ 14,5 milhões em 2012. Atua no mercado de ERPs.

69. CMTech: cresceu 92,5% em dois anos e teve receita de RS 8,6 milhões em 2012. Atua no segmento de terceirização de TI e tem entre seus clientes empresas como Unibanco, Net, Vivo e Banco do Nordeste.

70. Deal Group: aumentou em 92,1% sua receita em dois anos e atingiu R$ 34,7 milhões em 2012. Fundada em 2004, a Deal é especializada em consultoria e integração de sistemas.

71. PBTI Soluções: sua receita chegou a R$ 63,8 milhões em 2012, uma alta de 90,1% em relação a 2010. A empresa tem unidades em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

74. Take.Net: apresentou crescimento de 87,7% com a receita de R$ 23,3 milhões em 2012. Fundada em 1999, a Take.net trabalha com serviços de valor agregado (SVA) para telefonia celular. A empresa afirma que tem contrato com todas operadoras do Brasil e do Chile, além de operadoras da Argentina e Equador.

81. Dualtec Informática: cresceu 82,7% e alcançou receita de RS 14,4 milhões em 2012. A empresa possui foco em cloud computing para missão crítica e alto volume, serviços cloud pré-configurados e hosting. Entre seus clientes estão McDonald’s, Jequiti e Heineken.

86. Gertec: com crescimento de 79,4%, atingiu  R$ 14 milhões em receita em 2012. A empresa conta com mais de 40 modelos e 250 variações aplicadas de seus produtos em pontos de venda, controle de estacionamentos, loterias, ATM bancário, terminais Web, supermercados, drogarias, postos de gasolina, lojas em geral, entre outras aplicações.

88. Dedalus Prime: aumentou em 78,9% sua receita em dois anos. A companhia passou de R$ 10,3 milhões em 2010 para R$ 18,5 em 2012. Sua atuação é em cloud computing e entre seus clientes estão Pão de Açúcar, Leroy Merlin e Avianca.

89. Vagas Tecnologia: teve alta de 78,8% na receita, chegando a R$ 21,5 milhões em 2012. Atuando com soluções para e-recruitment, a empresa tem 160 colaboradores e foi fundada em 1999.

92. Linx: cresceu 78,4% entre os anos avaliados e alcançou receita de R$ 230,9 milhões em 2012. No mercado há quase 30 anos, a Linx fornece soluções em software de gestão (ERP e POS). Entre seus clientes estão: Arno, Bob’s, GM e Nike.

94. A5 Solutions: aumentou em 76,6% sua receita, chegando a R$ 21,7 milhões em 2012. Fundada em 2006 a A5 Solutions é uma empresa focada em integrar soluções de comunicação.

95. CAS Tecnologia: teve receita de R$ 36,6 milhões em 2012, uma alta de 76,1% frente a 2012. A empresa desenvolve projetos de fabricação e integração de equipamentos e sistemas. Já desenvolveu trabalhos para AES, Banrisul, CEEE e GVT.

96. Devex Tecnologia e Sistemas: com crescimento de 74,7%, atingiu R$ 32,5 milhões em 2012. A empresa desenvolve soluções para o gerenciamento, otimização e automação dos processos de mina a céu aberto e subterrânea.

99. Delta Easy Solutions: apresentou aumento de 73,1% em sua receita, alcançando R$ 7,8 milhões em 2012. A empresa oferece serviços e soluções tecnológicas para a gestão pública.

102. Masterdom Consultoria e Informática: atingiu alta de 71,8% na receita, que foi de R$ 12,4 milhões em 2012. Atuando desde 1988, a empresa é certificada pela IBM como parceiro de negócios Premier

105. CentralServer: com crescimento de 71,6%, teve receita de R$ 5,1 milhões em 2012. Sua atuação é em computação em nuvem, e-mail corporativo, hospedagem de sites e backup online

106. GSW Soluções Integradas: teve receita de R$ 24,8 milhões em 2012, valor 71,2% maior do que o alcançado em 2010. A empresa é especializada em gerar soluções para o gerenciamento e controle de processos e negócios. Atende a 3M, a Embraer, a Pfizer, entre outras.

109. Altus Sistemas de Automação: cresceu 67,4% em dois anos e alcançou R$ 96,1 milhões em 2012. Entre seus clientes estão Gerdau, Marcopolo, Alstom e Petrobras.

110. Rezende Sistemas: teve alta de 67,3% na receita em dois anos, chegando a R$ 11,8 milhões em 2012. A empresa fornece soluções de tecnologia, gestão, automação comercial e outsourcing de infraestrutura.

114. Ivia Serviços de Informática: apresentou aumento de 63,5% na sua receita, que atingiu R$ 19 milhões em 2012. Com atuação em software e BI, a empresa tem unidades em Fortaleza, Natal e Recife.

115. Asyst International: alcançou receita de R$ 133,2 milhões em 2012, um aumento de 62,5% em relação a 2010. A Asyst é uma marca da Algar Tech, que adquiriu a empresa por por R$ 103 milhões em 2013. A companhia é especializada em service desk.

119. Wellcare: cresceu 57,4% entre 2010 e 2012, atingindo receita de R$ 9,2 milhões. A empresa fornece soluções em automação e segurança eletrônica e tem entre seus clientes Petrobras, ThyssenKrupp e UFRJ.

121. Spassu Tecnologia: com a receita de R$ 125,7 milhões alcançada em 2012, apresentou crescimento de 56,7% frente a 2010. A empresa já desenvolveu sistemas para Dufry, BRMalls e Sebrae-RJ.

122. Tecpoint Sistemas de Automação: atingiu crescimento de 56,7% em dois anos com a receita de R$ 14,4 milhões conquistada em 2012. A fabricante de produtos de automação bancária e comercial, sistemas e serviços foi fundada em 1985.

125. Verde Ghaia: fechou o ano de 2012 com receita de R$ 7,6 milhões, uma alta de 54,7% em relação a 2010. A empresa é uma desenvolvedora de sistemas focados em sustentabilidade que também atua em consultoria e auditoria.

127. SMARAPD Informática: a receita de R$ 30,5 milhões alcançada em 2012 representou um aumento de 54% frente ao índice de 2010. A empresa de  software e impressão de documentos foi fundada há mais de 30 anos.

133. Alterdata Software: apresentou crescimento de 52,3% entre 2010 e 2012, passando de R$ 50,2 milhões para R$ 76,4 milhões. Atuante desde 1989 no mercado de software, tem soluções empresariais, contábeis, imobiliárias e para lojas.

137. Perfil Informática: sua receita de R$ 35,7 milhões em 2012 significou aumento de 51,1% em relação a 2010. A Perfil Informática é uma loja fundada em 2005.

142. Totvs Espírito Santo: o crescimento de 48,7% em dois anos fez a empresa passar de R$ 9,5 milhões para R$ 14,1 milhões. Tem entre seus clientes o Grupo Itapemirim e o Grupo Educacional Multivix.

147. Tecnoset Informática: aumentou em 47,3% sua receita em dois anos, alcançando R$ 78,3 milhões em 2012. Atua nas áreas de BPO, impressão e segurança.

148. Cabletech Cabos: produtora de cabos coaxiais com sede em Caçapava. Em 2012, a empresa teve faturamento de R$ 122 milhões, um crescimento de 47,2% em relação ao faturado em 2010 (R4 82 milhões).

149. Poliview Tecnologia: sediada em São Paulo, a Poliview atua no segmento de desenvolvimento, comercialização e implementação de seu ERP, o Siecon. Com um faturamento de R$ 6,2 milhões em 2012, a empresa cresceu 47% de 2010 a 2012.

152. Acura Technologies: com um crescimento de 46,6% de 2010 a 2012, a Acura é especializada em soluções de controle e identificação via rádiofrequência (RFID). A companhia tem sede em São Bernardo do Campo.

166. Quality Software: fundada em 1989 no Rio de Janeiro, a Quality Software é uma empresa de TI especializada em terceirização de projetos e operação de infraestrutura, com o conceito de one-stop-shop. A empresa cresceu 41,9% no período levantado, com um faturamento de R$ 25 milhões em 2012.

172. Discover Technology: com sede em São Paulo, a Discover é uma consultoria de TI Platinum Oracle e Gold da Microsoft, que faturou R$ 23,3 milhões em 2012. O crescimento em dois anos foi de 40,8%.

181. Senior Solution: a paulista Senior Solution fornece softwares e produtos de tecnologia com foco no setor financeiro, e registrou um crescimento de 37,8% no biênio 2010-2012. O faturamento em 2012 foi de R$ 33,5 milhões.

187. EAC Software: especializada em softwares para o segmento varejista, a EAC tem sede em Belo Horizonte e contabilizou em 2012 uma receita de R$ 5,6 milhões, um incremento de 36,8% desde 2010.

189. Senior Sistemas: a blumenauense Senior fechou 2012 com um faturamento de R$ 107,5 milhões, crescendo 36,4% em relação à 2010, quando faturou R$ 78,8 milhões. A empresa é referência no desenvolvimento de sistemas para gestão, com cerca de 10 mil clientes no país.

191. Teclan Engenharia de Software: fornecedora de soluções de automação para contact centers, a Teclan tem sede em Florianópolis e cresceu 35,7% de 2010 a 2012. O faturamento em 2012 foi de R$ 8,8 milhões.

193. Apdata do Brasil Software: crescendo 35,5% nos dois anos do levantamento, a Apdata teve uma receita de R$ 24,7 milhões em 2012. A companhia é especializada em soluções para gestão de RH.

196. Qualitor: com clientes como a construtora Goldsztein e a locadora de veículos Unidas, a portoalegrense Qualitor cresceu 35,4% entre 2010 e 2012. Com foco em software de gerenciamento de atendimento (service-desk ou help-desk), a companhia faturou R$ 6,5 milhões em 2012.

198. Selbetti Gestão de Documentos: como o próprio nome da companhia já aponta, a joinvilense Selbetti fornece softwares de gestão de documentos, contando com cerca de mil clientes. Com 37 anos de história, a empresa chegou a uma receita de R$ 35,6 milhões em 2012, crescendo 35,1% em relação a dois anos antes.

200. NetService – sediada em Belo Horizonte, é um integradora de soluções de infraestrutura em TI e telecomunicações que atende grandes clientes como Vale, Globo, Garoto e Petrobrás. A empresa cresceu 34,4% de 2010 a 2012, ano em que faturou R$ 87,7 milhões.

201. Mega Sistemas Corporativos: desenvolvedora de sistemas de gestão empresarial, a Mega conta com cerca de 2 mil clientes, entre eles Corinthians, ESPN e transportadora Planalto. Com sede em Itu, interior de São Paulo, a empresa faturou R$ 55,5 milhões em 2012, incremento de 34,2% sobre 2010.

202. LG Sistemas: especializada em soluções de gestão de pessoas, a goianense LG (ou LG Lugar de Gente), faturou em 2012 R$ 49,2 milhões, subindo 34,1% sobre 2010. A empresa tem como clientes Itaú e EcoRodovias.

213. Certisign Certificadora Digital: referência em soluções de segurança e certificação digital, a Certisign teve um crescimento de 31,6% de 2010 a 2012, ano em que obteve receita de R$ 183,9 milhões. A sede da empresa fica no Rio de Janeiro.

215. Cast Informática: um dos nomes mais fortes do país quando se trata de fornecimento de soluções de TI para o setor público, a Cast contabilizou R$ 173,3 milhões em 2012. O crescimento em relação a 2010 foi de 31%. Com sede em São Paulo, a companhia tem clientes como Caixa, Banco do Brasil, Petrobrás e Receita Federal.

220. Nasajon Sistemas: desenvolvedora de softwares para contabilidade, a carioca Nasajon teve um aumento de 29,4% de 2010 a 2012, ano em que faturou R$ 29,4 milhões.

222. Datainfo: consultoria de outsourcing em TI, a Datainfo tem sede em Blumenau e tem clientes como Weg, Tigre, Hering e Seara. Fundada em 2002, a companhia faturou em 2012 R$ 7,4 milhões, um crescimento de 29,1% sobre 2010.

224. Arcon: especializada em serviços gerenciados de segurança em TI, a carioca Arcon teve receita de R$ 22,2 milhões em 2012, crescendo 28,6% em relação a dois anos antes. Fundada em 1996, a empresa tem na carteira clientes como Makro, Eletrobrás e Usiminas.

236. Drive Consultoria e Informática: adquirida em 2013 pela Senior Solution, a também carioca Drive teve em 2012 ganhos de R$ 15 milhões, um aumento de 25,8% sobre 2010. A empresa fornece sistemas e serviços para Administração, Gestão, Controladoria e Custódia de Investimentos.

246. Decatron: com sede no Rio de Janeiro, é um integradora de TI que atende a clientes como Shell, Dataprev e Gerdau, entre outros. Em 2012 a empresa contabilizou R$ 40,3 milhões, crescendo 22,3% sobre o faturamento em 2010.

249. Premier IT: com um aumento de 20,4% de 2010 a 2012, a curitibana Premier fornece soluções de service desk, impressão, NOC e GED/ECM. Com clientes como Banco Alfa, Polishop e Electrolux, a empresa teve receita R$ 33,5 milhões em 2012.

Fonte: Baguete