Entre janeiro e dezembro, 867 transações de fusões e aquisições foram fechadas no Brasil, segundo levantamento da PwC.

O número de operações é 6,8% maior na comparação com o ano de 2013, quando 812 transações foram anunciadas.

Segundo relatório da PwC, os meses de agosto e setembro foram o que registraram o maior volume de operações, com quase 90 transações cada um.

Janeiro e maio apresentaram o menor volume, com cerca de 60 negócios fechados em cada mês.

Das operações divulgadas, apenas 263 tiveram valores revelados e juntas movimentaram mais de 145 bilhões de dólares.

O maior negócio do período foi a compra da GVT, que pertencia à Vivendi, pelaTelefônica no Brasil. A operação foi fechada por 9,7 bilhões de dólares, informou a PwC.

Fonte: Exame