Vender o seu negócio

                   A sua empresa pode ser uma boa aposentaria. Descubra como!

Há alguns anos vender o seu negócio poderia dar a impressão de estar assinando um atestado de incapacidade ou falência. Muitos empresários ainda pensam desta forma e nunca pensaram ao menos em conhecer do valor da própria empresa. Já escrevemos antes um e-Book com as 10 razões para fazer um Valuation, neste post vamos mostrar como a venda da empresa pode ser uma oportunidade em diferentes situações e motivações.

Nos deparamos com diferentes situações diariamente que levam empresários a tomar esta importante decisão. Problemas na sociedade, impasses de família, mudança de cidade, desinteresse no negócio, procura de um novo sócio para investir, falta de tempo para conduzir o negócio ou, simplesmente, por não terem um sucessor e já sentirem que é o momento de aposentar. Muitos empresários passam por situações semelhantes e ainda não sabem o que fazer ou como conduzir um processo de venda.

A decisão em vender um negócio não é fácil, envolve muitas vezes questões emocionais e familiares e a incerteza de que esse é o caminho. Antes de tomar qualquer decisão, entenda qual a real razão de querer vender a sua empresa, o que faria um investidor se sentir atraído para comprar o seu negócio e, a pergunta mais importante, qual o valor da sua empresa?     

Valuation

Conhecer o real valor do seu negócio, ou seja, fazer um Valuation da sua empresa, é o passo mais importante para a tomada de decisões, essencial para conduzir o processo de venda e a procura pelos possíveis investidores. É importante entender que a avaliação da empresa é uma percepção de mercado, ou seja, não há exatidão no cálculo e pode variar de acordo com as análises e metodologias utilizadas por cada avaliador. Todos os métodos de Valuation utilizam um modelo quantitativo, mas é percebida uma certa subjetividade na avaliação. Por esse motivo, é importante estar cercado de bons profissionais, além de conhecer bem o seu negócio e o mercado onde está inserido. Para saber mais sobre os métodos de Valuation, acesse o nosso post 3 Maneiras de calcular o valor da sua empresa.

Motivações e objetivos

Com o valor da sua empresa em mãos, as decisões tornam-se mais claras e o objetivo da venda passa a ser real. É importante questionar se o valor do negócio será suficiente para suprir as suas metas. O que você pretender fazer após a venda: um novo negócio? Viajar? Mudar para um sítio ou para a praia? Investir o dinheiro em outros setores? Independente de qual seja o seu objetivo, uma dica é imaginar a sua rotina sem a sua empresa.

Além de refletir e entender o porquê você quer vender o seu negócio e o que você vai fazer depois da venda, não menos importante, é saber quais os resultados esperados na hora da venda. A princípio, o que nos vem em mente é vender a empresa pela maior valorização possível, no entanto, esta pode não ser a sua maior prioridade. As suas motivações com a venda definem os resultados esperados.

Alguns empresários priorizam uma venda rápida, com uma saída imediata da empresa, seja por motivos de alguma crise pessoal, falecimento de algum familiar ou mudança imediata de cidade, por exemplo. Nestes casos acabam aceitando a primeira oferta que aparece e, consequentemente, um valor inferior. Ao contrário, outros vendedores têm um ritmo mais lento e suas motivações não exigem pressa durante o processo de venda. Sem nenhuma urgência, por estarem, por exemplo, motivados em receber o dinheiro para garantir uma aposentadoria futura, podem aguardar a melhor oferta.

Outros empresários podem estar dispostos a trabalhar como consultores para o novo proprietário durante um período, motivados a verem o seu legado permanecer. Nestes casos, estes vendedores estão dispostos a aguardar um comprador em que haja empatia e até aceitar formas de pagamento financiadas. Portanto, as motivações da venda e os resultados esperados têm impacto direto com as expectativas e consequentemente contribuem para encontrar o comprador ideal.

Encontrando um comprador

Decisão tomada, conhecimento das expectativas e objetivos, é hora de buscar os possíveis investidores para comprar a sua empresa. Uma dica importante, diferente do que muitos pensam, é que quem deve escolher o vendedor é quem será vendido. Pode soar estranho e, muitas vezes, o caminho inverso pode parecer mais óbvio.  Mas a procura pelo comprador deve ser feita pelo vendedor, por diversos motivos, já aqui citados.

É importante procurar por algum investidor em que haja uma sinergia, tanto com o negócio quanto com o dono da empresa. Mesmo que o valor seja elevado, o vendedor, muitas vezes o fundador da empresa, deseja que a empresa continue perpetuando e na ativa, por uma questão afetiva e emocional. O comprador deve também saber compreender o momento de transição da empresa com a mudança de gestão ou quadro societário. Por esses e outros motivos, ao planejar vender o seu negócio, você e quem esteja te assessorando, devem listar empresas que poderiam ter interesse em investir no negócio, e iniciar o processo de venda!

Conheça o nosso guia com os 9 passos para comprar ou vender um negócio. Clique aqui.

Ficou alguma dúvida? Compartilhe conosco, será um prazer para nós esclarecer e discutir sobre compra e venda de empresas e auxilia-lo a vender o seu negócio. A Investor conta com um corpo executivo e técnico multidisciplinar e altamente preparado para contribuir com a sua empresa.

 Solicite um orçamento!

Conteúdos relacionados para quem deseja vender o seu negócio:

– Planilha modelo de Valuation

– Já pensou em vender a sua empresa?

– 3 maneiras de calcular o valor da sua empresa.

– 10 razões para fazer um Valuation

– Quanto vale a sua empresa?

– Conheça os principais fatores na hora de fazer um Valuation de Shopping Center.