M&A: Kellogg compra Parati

Uma semana curta que está terminando com notícias de grandes transações de M&A envolvendo o mercado nacional. Acompanhe os destaques da semana selecionados pela nossa equipe:

Kellogg / Parati


A multinacional norte-americana Kellogg´s anunciou a aquisição da Ritmo Investimentos, controladora da fabricante de alimentos Parati. O valor da operação foi anunciado em R$ 1,38 bilhões. A aquisição deve ser concluída ainda neste ano e será feita toda em dinheiro, sendo a maior aquisição do grupo realizada na América Latina. O objetivo da compra está alinhado à estratégia da multinacional em crescer no setor de petiscos e em mercados emergentes. O faturamento da Parati é calculado em cerca de R$ 600 milhões. A companhia tem instalações industriais em Santa Catarina e foi fundada há 40 anos por imigrantes italianos. Conta hoje com cerca de 3.200 empregados e vende 120 mil toneladas de alimentos por ano.

Accenture / Kurt Salmon

A Accenture Strategy, empresa global de consultoria e outsourcing, anunciou a aquisição da Kurt Salmon, empresa de consultoria focada no setor de varejo, subsidiária do Management Consulting Group. O valor da operação não foi divulgado e a conclusão do negócio ainda está sujeita às aprovações regulatórias. O objetivo da compra é expandir os serviços de consultoria fim a fim para os principais varejistas e empresas de private equity. A Kurt Salmon conta hoje com 260 empregados, escritórios nos EUA, Alemanha, Reino Unido, Japão e China e uma vasta carteira de clientes em todo o mundo.

EDF Energies Nouvelles / Canadian Solar

A subsidiária brasileira da francesa EDF Energies Nouvelles anunciou a aquisição de 80% do complexo de geração solar fotovoltaica que será implantado no Estado de Minas Gerais pela Canadian Solar. O valor da operação não foi divulgado. O complexo deve iniciar suas operações no terceiro trimestre de 2017, com placas solares fornecidas pela Canadian Solar, que já anunciou a abertura de uma unidade de módulos fotovoltaicos no Brasil. A transação é mais uma entre outros recentes negócios que envolvem ativos de energia no Brasil, como a aquisição de usinas eólicas da Odebrecht pelo Grupo NC e as hidrelétricas da Duke Energy pela China Three Gorges.

Acompanhe nossos posts, além dos destaques semanais publicados sempre às quintas-feiras, no final do dia, produzimos conteúdos exclusivos no nosso blog sobre o mercado de capitais.

Se tiver dúvidas, entre em contato conosco. Será um prazer!