A Chiquita Brands International concordou em ser adquirida por US$ 742 milhões por uma parceria formada pelo Grupo Cutrale, fabricante de sucos de laranja, e o grupo financeiro Safra, depois que os acionistas da produtora americana de bananas votaram contra uma oferta concorrente, na sexta-feira.

A oferta dos grupos brasileiros Cutrale e Safra — a terceira desde agosto — avalia a Chiquita em US$ 14,50 por ação. A cotação das ações da Chiquita subiram 1,4% ontem, para US$ 14,36.

A aquisição vai combinar o negócio de bananas e saladas embaladas da Chiquita (que é sediada em Charlotte, no Estado americano da Carolina do Norte), com o de laranjas, maçãs e pêssegos do Grupo Cutrale, cuja sede fica em Araraquara, SP.

A Cutrale é uma das maiores fornecedoras de suco de laranja do mundo, respondendo por mais de 30% do mercado mundial do produto, que movimenta US$ 5 bilhões por ano. Já o Grupo Safra é uma rede de empresas controlada pelo bilionário brasileiro Joseph Safra.

Num comunicado divulgado hoje, a parceria Cutrale-Safra afirmou que o negócio dará à Chiquita acesso ao conhecimento da Cutrale nas áreas de distribuição, cultivo e logística.

A receita da Chiquita vem caindo nos últimos anos diante do recuo nas vendas de bananas. No ano passado, a Chiquita registrou US$ 1,97 bilhão em vendas de bananas, comparado com US$ 2,02 bilhões em 2011.

Fonte: The Wall Street Journal