Tendências de mercado

Diante do cenário, quais as tendências de mercado?

Estamos próximos do final do ano e o que todos questionam é se o Brasil vai ou não sair da crise econômica em 2017. Apesar das expectativas serem de um ano melhor do que 2016, segundo especialistas, o próximo ano não promete o fim da crise. O governo anunciou que a previsão é que 2016 termine com a contração de 3,4% e o próximo ano comece com queda de 0,5% no Produto Interno Bruto (PIB). No entanto, as perspectivas são de crescimento de 1% do PIB ao longo do ano de 2017.

Já a previsão para a inflação foi prevista para 2017 em 4,93%, índice abaixo do teto de 6% para o IPCA, porém acima da meta central, que é de 4,5% de inflação. O ano termina com as taxas de juros previstas em 13,75% ao ano, já em 2017 a estimativa é de 10,75% ao ano, ou seja, pressupõe um processo de corte dos juros durante o ano.

No fim de 2016 a taxa de câmbio subiu de R$ 3,22 para R$ 3,30, a previsão é de estabilidade em 2017, com o dólar em R$ 3,40. A projeção de entrada de investimentos diretos de estrangeiros no Brasil em 2017 é de US$ 70 bilhões. Em 2016 o investimento foi de US$ 65 bilhões.

Diante dessa instabilidade econômica, os empresários devem ficar ainda mais atentos as mudanças de mercado e planejar muito bem suas metas e ações para o próximo ano. A Revista Inc. publicou um artigo de Leonardo Kim, estrategista de marcas, com as 10 tendências que vão guiar o mercado mundial em 2017.

  1. Ferramentas para facilitar que profissionais de diferentes áreas construam produtos tecnológicos
    Com o crescimento do mundo digital, especialmente nos negócios, torna-se necessária a criação de ferramentas que facilitem o gerenciamento digital por profissionais que não são da área de tecnologia. Um bom exemplo é o WordPress, que permite hoje que um profissional de qualquer área gerencie seu site e o atualize em tempo real sem a necessidade de profissionais especializados em programação. Ferramentas simples, acessíveis e autoexplicativas, que permitem a construção de produtos tecnológicos por profissionais em geral, serão uma tendência para o ano de 2017. 
  1. Ferramentas que auxiliam marketing pessoal
    Uma estratégia que vem dando certo no mercado é trabalhar o marketing pessoal do empresário, com objetivo de virar referência e alavancar os negócios da empresa. Ferramentas que contribuem para trabalhar a imagem e o marketing pessoal de empresários são tendências para o próximo ano. 
  1. Treinamento para funcionários remotos (que trabalham em home office)
    Há alguns anos não era comum empregados trabalhando em home office. Hoje é muito comum esse tipo de contratação, principalmente empresas que trabalham com tecnologia e as startups. Pensando nisso, empresas que ofereçam serviços eficientes para o treinamento de funcionários que trabalham longe da sede da companhia devem crescer.
  1. Negócios que estão de olho nos jovens
    Ao invés de rejeitar os novos consumidores da geração “Millennial”, as empresas terão que cada vez mais enxergá-los como clientes em potencial. Entender como eles pensam e criar produtos para esta geração é uma tendência para acompanhar.
  1. Fusões e Aquisições em alta
    As mudanças da economia, juntamente com a mudança de comportamento do consumidor e a entrada forte do ambiente digital nos negócios têm aumentado a quantidade de operações de fusões e aquisições no mundo, e a perspectiva é de manter o crescimento em 2017. Empresas que pensam em partir para uma venda ou aquisição devem estar preparadas.
  1. Tecnologia para os setores de saúde, nutrição e bem-estar
    A preocupação com a saúde e alimentação saudável está crescendo no mundo todo. A tecnologia tem contribuído com ferramentas e aplicativos que permitem medir calorias, fazer registros nutricionais e manter os hábitos esportivos e alimentares registrados em nuvem. O mercado de ferramentas fitness, softwares e aplicativos para smartphones, tende a crescer e fortalecer o mercado de saúde.
  1. Aumento do e-commerce
    A crescente demanda por itens disponibilizados em lojas virtuais faz com que esse nicho de mercado se fortaleça cada vez mais se comparado ao crescimento de vendas nas lojas físicas. Estudos recentes mostraram que 58% dos compradores estão dispostos a adicionar itens no carrinho para atingir as cotas exigidas para o frete grátis nos sites de compra, por exemplo. Vamos ver ainda muito o crescimento das lojas virtuais em 2017.
  2. Estratégias para aproximar as empresas de seus clientes
    Economia de Conexão e Economia Compartilhada, vamos escutar muito esses termos em 2017. Manter uma ligação próxima com os clientes, não apenas com foco em venda, é a chave para o sucesso nos negócios e será tendência em 2017. Aplicativos e serviços que conectam as pessoas ao que elas procuram, negócios assim prometem crescimento para o próximo ano.
  1. Marcas e produtos sustentáveis
    As ações sustentáveis e o desenvolvimento de produtos com métodos que fortaleçam a cultura da sustentabilidade vão continuar crescendo. Mais de US$ 500 milhões foram economizados em eficiência energética e este valor tende a crescer em 2017.
  2. Treinamentos que valorizam habilidades individuaisEm 2017, haverá uma mudança na forma como as habilidades de treinamento de liderança são desenvolvidas dentro das empresas. Ao invés de ensinar a todos as mesmas habilidades, as empresas irão focar nos pontos fortes de cada funcionário e desenvolver essas habilidades, investindo mais no reforço de um talento natural do que na formação massiva de líderes.

 

Veja o artigo na íntegra, clique aqui.