Valuation para Startups

Existem diversas maneiras de calcular o valor de uma empresa e os métodos mais tradicionais e eficazes exigem um histórico de performance da empresa dos últimos anos de operação. Por esse motivo, avaliar uma empresa que ainda não entrou em operação ou com pouco tempo operando, ainda sem apresentar lucro, requer muitas habilidades e conhecimento técnico. Mesmo para empresas estabelecidas, que têm mais de cinco anos de operação e um histórico financeiro organizado, o Valuation não é apenas uma ciência, exigindo um pouco de “arte” e know-how do avaliador. O Valuation para Startups, portanto, é muito mais arte do que ciência!

Em uma startup, a visão do empreendedor, o time, a estratégia definida para o negócio e o produto em si refletem mais sobre o seu valor do que os números obtidos em suas análises financeiras.  No livro de Eric Ries (2011), “A Startup Enxuta”, o autor propõe a pirâmide abaixo para representar os principais pontos na criação e gestão de uma Startup:

Valuation para Startups

A visão da Startup é a base da pirâmide porque o empreendedor deve saber onde quer chegar. Ter um objetivo em mente é o primeiro passo para criar uma estratégia adequada e é por isso que ele ocupa o segundo lugar na pirâmide. Essa estratégia deve ser construída passo a passo para chegar ao objetivo final. Após planejado, o produto é o resultado final da estratégia.

Vamos apresentar nesse post os dois métodos de fazer um Valuation para Startups mais utilizados pela nossa equipe, lembrando que cada caso deve ser analisado individualmente, podendo ser adotado outros métodos além dos que vamos citar, ou mesmo adotar mais de um método para chegar a um valor próximo ao real.

Método Venture Capital (Método do Capital de Risco)

O método Venture Capital, conhecido também como método do Capital de Risco, é a forma com que os fundos de Venture Capital (VC) avaliam a sua Startup. Ele foi desenvolvido na Universidade de Harvard e é indicado para Startups com ou sem faturamento, mas, em geral, os fundos de VC investem em Startups mais maduras, que já apresenta faturamento e produto no mercado.

Na visão do avaliador e possível investidor, os números obtidos são um retrato da empresa naquele momento e devem estar de acordo com o discurso do empreendedor. Essa abordagem trata-se de uma projeção de ganhos quando o fundo fizer o desinvestimento (sim, esse tipo de fundo investe pensando em quando será o melhor momento para retirar o dinheiro).

O método Venture Capital (VC) trata-se, de forma bem objetiva, de calcular o valor de saída do investimento: se meu fundo investir hoje na Startup X, quanto eu obterei com esse investimento daqui a cinco anos? Os números estão de acordo com o que o empreendedor está me propondo? Os fundos avaliam esses aspectos para verificar se é válido injetar dinheiro naquela empresa, ou seja, se vai gerar retorno para seus investidores.

Em muitos casos, quem está investindo prefere diluir o investimento em rounds futuros e, se o investidor perceber a necessidade de investimentos subsequentes, ele pode reduzir o valor da Startup antes do investimento, afim de antecipar a diluição e proteger o seu capital.

Para calcular o Valuation para Startups pelo método VC deve-se ter em mãos:

  • Necessidade de capital a ser aportado para o desenvolvimento das operações;
  • Receita projetada para o ano de saída da operação;
  • Margem líquida projetada para o ano de saída da operação.

Este método também se baseia no múltiplo P/L (preço sobre lucro) do mercado para Startups do mesmo setor e na taxa de desconto que o investidor espera receber daquele investimento.

Valuation_StartupsO mais comum é que os fundos calculem a retirada do dinheiro após cinco anos. Sendo assim, consideraremos que o fundo pretende ter o retorno após o 5º ano de investimento e que vai investir uma quantia de dinheiro X. Os gestores desse fundo vão calcular o Valuation da Startup com base nas suas premissas de crescimento, nas premissas do mercado em que ela está inserida e no seu índice P/L frente ao mercado.

O primeiro passo para calcular o valor de mercado da empresa é estimar a margem líquida da operação no ano de retirada do investimento, neste caso, no 5º ano. Em seguida, é necessário estimar a receita para o 5º ano e a partir dela obter o lucro líquido. Tendo calculado esses valores, o valor da empresa no 5º ano após o investimento se dá pela multiplicação do lucro líquido pelo múltiplo P/L.

Para trazer esse Valuation para o valor presente divide-se o valor obtido pela taxa de desconto pré-estabelecida pelo investidor. Esse é o valor da empresa após o investimento, no entanto, esse ainda não é o valor que queremos chegar. Para obter o valor da empresa antes do aporte é necessário diminuir do Valuation a valor presente o capital a ser investido pela empresa e chegar ao valor Pre-Money, ou seja, o valor que a empresa vale antes de ser investida.

Resumindo:

(Valuation da empresa no 5º ano de operação/taxa de desconto que o investidor espera receber) – valor do investimento = Valor da Startup antes do investimento no valor presente

Método de Avaliação por Scorecard

O Método de Avaliação por Scorecard é uma abordagem muito mais analítica comparada ao Método VC, que depende da visão do avaliador.

Para fazer um Valuation para Startups, o método utiliza um valor inicial determinado pela média dos valores de mercado de Startups semelhantes em fase de desenvolvimento no local em que ela está inserida. A partir de então determina-se alguns fatores que o avaliador julga inerentes ao bom desempenho de uma Startup naquele perfil, além de um peso para tais fatores. Os fatores podem ser aspectos como o time da Startup, o mercado consumidor da Startup, o grau de disrupção dela frente aos concorrentes, dentre outros.

Definido os fatores e os pesos, o avaliador deve mensurar em cada fator qual seria a pontuação da Startup no determinado quesito (a nota não pode estar em termos percentuais na hora de calcular a soma, ela deve ser máximo 1 e mínimo 0). Ao final, é feita a soma de todas as pontuações, calculando de acordo com o peso dado para cada fator e multiplica-se pelo valor médio obtido no início do processo por meio da média das Startups do local, em grau de desenvolvimento semelhante à analisada para chegar ao Valuation final.

Resumindo:

Média do valor de mercado das Startups semelhantes naquele local x nota obtida somando os fatores relevantes para o avaliador = Valuation da Startup

Considerações:

O Valuation para Startups é uma modalidade de valorar muito nova e requer muitos aspectos qualitativos, visto que a empresa não costuma ter histórico relevante ou contas consolidadas. Além disso, em muitos casos, o Valuation é feito sobre empresas que ainda não têm receita e não estão com seus produtos disponíveis no mercado, para que elas consigam um aporte de investimento para consolidar suas ideias.

Sendo assim, as avaliações devem ser feitas de acordo com a necessidade de capital e da demanda do seu investidor. Outro aspecto a ser levado em consideração é a necessidade do empreendedor avaliar o investimento e a participação do investidor no negócio com cautela, para proteger seu patrimônio e planejar, desde o início, as próximas rodadas de investimentos e as dissoluções a serem feitas durante esse processo.

Quer saber mais sobre Valuation? Preparamos materiais completos sobre este assunto para você! Basta clicar nos links abaixo, para obtê-los gratuitamente.

10 razões para fazer um Valuation na sua empresa

Como o orçamento impacta no Valuation

Clique aqui para ver também esse vídeo (em Inglês) sobre Valuation para Startups da Investopedia.

No caso da Startup já se comportar como uma empresa madura, que já atingiu seu Breakeven, tendo um histórico de performance estável e esteja faturando, conheça os 3 métodos de Valuation mais utilizados pela equipe da Investor, clicando aqui.

Você tem uma Startup ou pretende investir em alguma? Entre em contato conosco!

 

Conteúdos relacionados com o tema Valuation para Startups:

– Já pensou em vender a sua empresa?

– Quanto vale a sua empresa.

– 10 razões para fazer um valuation.

– Conheça os principais fatores na hora de fazer um Valuation de Shopping Center.

– Chegou a hora de vender o seu negócio?

Quer saber o valor da sua empresa? Baixe aqui a nossa Planilha Modelo de Valuation.