Bonecos conversando sobre psicologia do consumidor

Ter um site, aliado a uma boa hospedagem de sites, é algo fundamental para qualquer empreendimento. Estamos na era do Marketing digital e a criação e o gerenciamento de um site para o seu negócio é a base para uma boa presença online.

Além disso, quando se fala em Marketing digital não dá para esquecer de um outro detalhe: a psicologia do consumidor.

Marketing e Psicologia são duas áreas que andam juntas. A razão para isso é simples: entender como o consumidor pensa e age ajuda na realização das vendas, assim como auxilia na elaboração de estratégias.

Por isso, com o intuito de captar leads, de consolidar clientes e manter as vendas em alta, é importante entender as motivações do seu consumidor. Nesse texto você vai encontrar tópicos pertinentes sobre isso. Confira!

– Saiba o que é a psicologia do consumidor
– Conheça os 5 fatos psicológicos para ter sucesso nas vendas
– A influência dos gatilhos mentais

 

Saiba o que é a Psicologia do consumidor

A psicologia do consumidor é um tema relevante para compreender fatores que levam as pessoas a comprarem um determinado produto ou serviço. Assim, essa área permite investigar de forma eficiente o comportamento dos consumidores.

Graças a ela é possível traçar estratégias mais eficientes e criar o conteúdo adequado para os mais variados canais, tais como blogs, redes sociais e e-mail marketing, sempre levando em conta o estímulo de compra do cliente.

O fato é que a psicologia do consumidor já é relevante desde o instante em que o empreendedor traça o perfil da persona do seu público consumidor. Nesse momento ele já obtém uma noção precisa das características comportamentais do cliente.

 

Conheça os 5 fatos psicológicos para ter sucesso nas vendas

O que faz um cliente preferir um par de tênis da Nike e não um par produzido por uma marca desconhecida? Prestígio da marca? Qualidade? A presença do atleta famoso no comercial ou tudo isso junto?

A psicologia ajuda a entender um pouco melhor esse mistério que há séculos paira sobre os empreendedores. Inclusive, ela faz isso por meio do conceito de desejos e necessidades no universo do marketing.

Nesse caso, Abraham Maslow, psicólogo norte-americano, desenvolveu em meados do século XX a sua famosa Pirâmide das Necessidades. Essa pirâmide consiste em mostrar que há uma hierarquia de necessidades que as pessoas possuem.

A pirâmide, de uma forma geral, aponta cinco categorias que são forças motivadoras para as pessoas no cotidiano. Cada uma dessas categorias corresponde a uma necessidade específica.

Tais necessidades influenciam vários aspectos do nosso dia a dia, inclusive o sucesso nas vendas de produtos e serviços consumo. Para entender melhor esse conceito, a pirâmide é apresentada na ordem como apresentada a seguir.

1 – Necessidades fisiológicas

Compreende fatores psicológicos que fazem parte das necessidades fundamentais na vida dos consumidores. Proteção e alimentação, por exemplo, constituem esse tipo de necessidade.

Por essa razão, saciar a fome, a sede e até mesmo se proteger contra o frio, calor e demais fenômenos naturais são fatores que atuam no inconsciente dos consumidores.

2 – Necessidade de segurança

A influência dessa necessidade é grande nas vendas. Ter uma casa bem segura, com material de qualidade, garantir itens de segurança para o carro, planos de saúde, enfim, a sensação de segurança influencia na aquisição desses produtos e serviços.

É interessante que essa necessidade de segurança também influencia o próprio empreendimento. Um exemplo disso é o medo que determinados clientes podem ter em efetuar uma compra online por não confiar na credibilidade do site.

Nesse aspecto contar com uma plataforma segura, como o Magento ou Shopify, faz toda a diferença, assim como investir em um registro de domínio e uma boa hospedagem de sites.

3 – Necessidades sociais

O bom relacionamento com outras pessoas, sejam colegas de trabalhos e familiares, também são fatos psicológicos que podem determinar vendas.

Presentes de aniversário, de dia dos namorados, natal entre outras datas que celebram afetividade e o convívio social estão aí para provar isso, apontando que as convenções sociais e as relações entre os indivíduos são aspectos relevantes para as pessoas.

A necessidade de manter esses laços de relação fortalece a identidade das pessoas e também atua na compra de diversos produtos e serviços.

4 – Necessidade de autoestima

A valorização pessoal também é um fator relevante que pode definir uma compra. Inclusive, a pauta da representatividade, cada vez mais presente no dia a dia, é um exemplo disso, influenciando até mesmo nas estratégias de marketing.

O e-mail marketing é uma boa abordagem nesse sentido, pois ele permite uma comunicação individual com o seu cliente, tornando-o uma pessoa única e importante para a empresa.

5 – Necessidade de autorrealização

É uma necessidade influenciada muitas vezes por fatores subjetivos. A autorrealização envolve obter sucesso em algumas áreas que podem ser tanto profissionais quanto pessoais.

Nesse sentido, muitas pessoas investem em cursos dos mais variados e em diferentes áreas tentando suprir essa necessidade. A auto realização também é um importante fator psicológico para vender.

E aí, já conhecia esses fatos ou havia criado estratégias em cima desses 5 fatos psicológicos?

Dica: Leia também esse texto que traz 7 dicas para fazer projeção de vendas.

 

A influência dos gatilhos mentais

Além das necessidades básicas que constituem a pirâmide de Maslow, é importante também trabalhar os famosos gatilhos mentais nas estratégias de vendas.

Eles atuam como importantes meios de persuasão especialmente se forem utilizados em conjunto com as necessidades.

Os gatilhos mentais nada mais são do que impulsos inconscientes que estimulam o indivíduo a adotar uma ação de compra. Existem diferentes gatilhos mentais que podem ser ativados por meio de conteúdo textual e imagético. Existem vários, mas vamos conhecer alguns dos principais.

Gatilho da escassez

Pode ser usado por meio de frases como “aproveite enquanto não acaba o estoque”, pois elas reforçam para o consumidor que é necessário efetuar a compra enquanto é tempo.

Um exemplo desse gatilho utilizando a ideia da necessidade de auto realização pode ser um curso alertando ao público que “há vagas limitadas” e que ele é a grande chance para aperfeiçoar os conhecimentos, se tornar um bom profissional, entre outros benefícios.

Além disso, o gatilho da escassez remete a outro gatilho mental que também é bastante eficiente, o da urgência.

Gatilho mental da autoridade

Ele é o ideal para dar mais credibilidade a um determinado produto ou serviço. Uma situação em que ele pode ser usado de forma eficiente é junto com a necessidade de segurança.

Sendo assim, utilizar um conteúdo mostrando um profissional ou personalidade de grande renome reforça a importância da aquisição de determinado item ou produto.

Ou, se você é uma empresa que desenvolve softwares, por exemplo, pode compartilhar cases de sucesso de outras empresas que utilizam seu sistema e mostrar como isso impactou positivamente nos negócios, ao reduzir custos.

Aqui na Investor nós utilizamos essa estratégia para mostrar nossos clientes parceiros que estão satisfeitos com a consultoria prestada, como Unimed-BH – rede cooperativa de médicos, Aliansce – empresa líder no segmento de shopping centers no Brasil, Hermes Pardini – um dos três maiores laboratórios do país, dentre outros.

Gatilho mental da novidade

Pode ser utilizado para suprir qualquer necessidade. Um produto novo no mercado pode ser uma ferramenta capaz de trazer ainda mais segurança para o armazenamento de dados da sua empresa.

Da mesma forma, pode ser a novidade em lanches de uma rede de restaurantes ou ainda uma inovadora forma de investir seu dinheiro.

 

A psicologia do consumidor não deve ser deixada de lado quando o assunto é vender

Os seres humanos possuem necessidades básicas e elas influenciam nas compras dos mais variados bens.

Sendo assim, é importante que o empreendedor entenda qual é a solução e principalmente qual é a necessidade que o produto em questão visa suprir.

A partir disso, com uma eficiente presença digital, aliada a bons recursos como hospedagem de sites rápida e conteúdos que levam em conta os gatilhos mentais, as estratégias de marketing e vendas se tornam mais eficientes.

 

Autor convidado: Alan Medeiros é escritor na prable.org e apaixonado por tecnologia. Nas horas vagas divide seu tempo entre a família, séries, games, futebol e viagens.

 

2 Comentários

  • Gilson Elesbão de Siqueira Responder

    14 de agosto de 2020 at 09:52.

    Gostei muito e repassei para toda a equipe de Consultores do CIEE/MG, inclusive para a “gerencia comercial”” trocar ideias com a sua quipe.
    Obrigado e parabéns pela boa iniciativa de nos enviar esses úteis e práticos artigos. Pode mandar mais.
    No mais um excelente final de semana com muita alegria, entusiasmo e boa vontade.
    Pois com esses tres elementos poderemos mudar o mundo para melhor.

    • Investor Responder

      17 de agosto de 2020 at 17:04.

      Ei Gilson, tudo bem?
      Ficamos muito felizes que tenham gostado do conteúdo. Isso mostra que nosso objetivo foi atingido, de produzir artigos que sejam úteis para o dia a dia profissional de pessoas como você.
      Muito obrigado pelo feedback!
      Um abraço e uma ótima semana com esses 3 elementos: alegria, entusiasmo e boa vontade 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *