Revisão da vida útil de ativos aumenta controle da Unimed BH sobre bens patrimoniais

Revisão de vida útil econômica de mais de 43 mil itens.

Empresa

Uma rede cooperativa de médicos, presente em diferentes regiões do país, com mais de 18 milhões de beneficiários, 2500 hospitais credenciados e 119 hospitais próprios. Somente em Belo Horizonte (MG), a operadora líder na saúde suplementar mineira oferece 5,7 mil médicos cooperados e uma rede composta por 355 prestadores, entre hospitais, clínicas e laboratórios, incluindo Serviços Próprios e credenciados.

Desafios do projeto

Para a realização do projeto, de fazer adequação às Normas Contábeis e permitir à Unimed BH ter um controle sobre a Vida Útil Econômica dos seus ativos, foi contratada uma consultoria especializada. A operadora de saúde possuía uma grande diversidade tipológica de ativos e de sites de suas instalações, além da necessidade da alocação de recursos humanos especializados em Revisão de Vidas Úteis de Imobilizado, o que exigia uma dedicação de tempo, recursos e expertise.

Solução apresentada

Após análise da base enviada, mapeamento dos detalhes do projeto, preparação de todos os check lists validados pela Rede, a Investor procedeu às vistorias, com padronização das classes de bens, definição do estado de conservação dos mesmos, estudo das condições de operações, análise do relatório de baixas, procedendo assim à revisão da vida útil econômica e remanescentes de todos os bens da Unimed. Foram revistos 43 mil itens patrimoniais, que estavam distribuídos na capital mineira.

Resultados Alcançados

Como resultado, a Rede Unimed BH passou a ter controle de todos os bens em dois meses, permitindo ao cliente o acesso aos seus bens, com visão gerencial sobre sua vida útil e novos ciclos de reinvestimento, assim como adequação às Normas Contábeis.