Empresa afetada por rompimento de barragem em 2015 faz avaliação para testar capacidade de retorno de investimento realizado anteriormente

Avaliação para fins de Teste de Redução ao Valor Recuperável de Ativos (Impairment)

Empresa

Desde 2015, a Aliança Geração de Energia S.A. atua no mercado de geração e comercialização de energia elétrica, com dois grandes nomes por trás: Vale e Cemig. Hoje, a Aliança figura como uma das maiores companhias brasileiras privadas de geração de energia elétrica, além de também investir em fontes de energia diversas, como eólica e térmica.

Desafios do projeto

A Usina Hidroelétrica Risoleta Neves (Consórcio Candonga), que possui potência instalada de 140 MW, cidade de Rio Doce, em Minas Gerais, reteve grande parte do rejeito que se deslocou com o rompimento da Barragem do Fundão em 2015, o que paralisou sua operação.

Solução apresentada

A Investor foi contratada pela Aliança Energia com o objetivo de testar, através de uma avaliação econômico-financeira, se o empreendimento será capaz de retornar aos seus investidores o valor investido. Foram considerados o efeito da previsão de retorno às operações da UHE sobre os resultados futuros, a análise das curvas forward de preços (ACR, PLD e TEO), os impactos que deverão acontecer nos resultados econômicos com o retorno ao MRE e a confrontação do valor encontrado na análise financeira com o valor registrado contabilmente nas Demonstrações Financeiras da Aliança Geração de Energia S.A.

Resultados Alcançados

Os laudos realizados nos anos de 2017 e 2018 foram apresentados para a área de Controladoria da Aliança, demonstrando que apesar da paralização da atividade de geração, o cronograma de retirada do rejeito, atrelado ao custo médio ponderado de capital e a composição da cesta de energia adquirida pela usina, a capacidade de geração de caixa futura, trazida a valor presente, supera o valor investido pela Aliança no empreendimento, não havendo a necessidade de reconhecimento de redução ao valor recuperável.

“Solicitamos à Investor uma avaliação econômico-financeira que seria extremamente importante para o negócio. Ficamos satisfeitos com o trabalho desenvolvido e a contratamos novamente para realizar teste de impairment para outra empresa do grupo.”

Rafael Fernandes, CARGO da Aliança Energia