CFO realizando cálculos relativos a situação financeira da empresa

A função de um CFO (do inglês “Chief Financial Officer”, traduzido em português como “Diretor Financeiro”) tem se atualizado constantemente nas empresas para acompanhar as mudanças do mercado. As novas responsabilidades designadas a esses profissionais se relacionam à parte estratégica do negócio, que fazem deles catalisadores de inovação e mudança nas empresas.

Mas o que isso quer dizer? Basicamente, o líder de finanças agora não cuida apenas dos custos e da situação financeira atual e passada da empresa, mas tem funções estratégicas importantes na área financeira, focando na permanência da empresa no longo prazo. De acordo com uma pesquisa de 2017 da Grant Thornton LLP, 40% dos CFOs disseram que o planejamento estratégico é uma de suas principais prioridades. Continue lendo e entenda!

O que faz um CFO?

Um Diretor Financeiro é responsável por gerenciar as operações financeiras de uma empresa e as atividades que permeiam a área. Sua função é otimizar o fluxo de caixa, analisar dados como desempenho financeiro, fazer orçamentos, monitorar gastos e custos e avaliar riscos e oportunidades.

O CFO, portanto, tem a função primordial de manter a empresa saudável, verificando constantemente as oportunidades e falhas da gestão financeira para apresentar ao conselho de administração, ao fundo investidor e à presidência. E essa função está diretamente relacionada e entrelaçada ao planejamento estratégico, fazendo com que essa seja mais uma das suas responsabilidades. Sendo assim, o diretor financeiro é a pessoa que controla passado, presente e futuro financeiro da empresa.

Um profissional que deseja atingir o cargo de Diretor Financeiro deve possuir formação em contabilidade ou finanças. Geralmente, os profissionais de Controller chegam a este cargo quando promovidos. Algumas habilidades importantes podem ser destacadas, como:

  • Ter nível satisfatório de conhecimento em Inglês;
  • Ter uma visão ampla da organização;
  • Ter conhecimento em investimentos e negócios, como fusões e aquisições;
  • Ser um líder que consiga administrar uma equipe voltada para o sucesso;
  • Ser um bom gestor de dados e informações importantes;
  • Estar sempre atualizado e atento às inovações do mercado;
  • Saber assumir riscos calculados, sem medo de mudanças;
  • Garantir que o orçamento esteja alinhado ao planejamento estratégico e financeiro.

Recomendamos a leitura do nosso texto “Gestão financeira: a chave para o sucesso da sua empresa”. Clique aqui para ler!

4 novas habilidades de um CFO modernoCFO definindo estratégias para a empresa

  1. Ter uma postura de liderança

Para trazer inovação, o primeiro passo que um Diretor Financeiro deve tomar é desenvolver sua liderança. Fazer com que sua equipe confie em você e esteja aberta a novas ideias é essencial para desenvolver bons projetos.

Portanto, desenvolver características de bons líderes como: saber escutar, ter empatia e estar sempre aberto a sugestões deve ser a pauta principal de um profissional que almeja o cargo. As pessoas precisam vê-lo como alguém acessível, que possui valores e responsabilidade e, acima de tudo, que veste a camisa da empresa.

  1. Ter vasto conhecimento do mercado

O CFO precisa ter como rotina a análise do mercado, projetando resultados econômicos a longo prazo. Ele precisa refletir, planejar, projetar e mensurar processos constantemente para otimizá-los. Somente assim o planejamento estratégico poderá sair do papel e trazer resultados positivos para a empresa.

O crescimento das organizações está diretamente relacionado aos fatores externos do mercado em que elas se inserem, e eles incluem as transformações digitais, as tecnologias que impactam os resultados e práticas, além de modelos e tendências que surgem para facilitar e otimizar o trabalho dos diretores financeiros.

Por isso, conhecer o mercado, explorar suas novas oportunidades e se prevenir de potenciais riscos antes dos concorrentes é um papel estratégico do CFO moderno, olhando não apenas para o passado, mas planejando o futuro de forma consciente e estratégica, visando sua permanência a longo prazo.

  1. Desenvolver uma visão holística da direção da empresa

Ter uma visão holística da empresa significa enxerga-la em sua totalidade, ao invés de separá-la por áreas e setores que têm seu próprio organismo. Desenvolver esse tipo de visão é muito importante para a estratégia da empresa por conectar todos os colaboradores em prol de objetivos em comum.

A visão holística também mostra a importância do trabalho de cada pessoa no contexto geral da organização e, por isso, é essencial que os CFOs façam parte da construção dessa visão. Dessa forma, você estará envolvido no planejamento estratégico da empresa desde sua construção até a execução. Como consequência, você irá tomar decisões mais certeiras, definindo metas realistas e lucrativas.

  1. CFO realizando cálculos relativos a situação financeira da empresaSer detentor de dados e informações essenciais

Tendo em vista a vasta gama de aplicativos e softwares destinados a análise de dados, é comum uma empresa ter dados fragmentados provenientes de áreas como marketing, vendas, TI etc. O Diretor Financeiro deve ser o responsável por essas informações coletadas, trabalhando para que elas façam sentido para a organização.

Com todo o conhecimento proveniente desses dados, o CFO consegue fazer relatórios que mostram a saúde da empresa e que guiam as ações. Além disso, ele se torna um conselheiro das lideranças, que mostra as informações de forma imparcial e justa, ajudando a desenvolver estratégias que melhorem o desempenho.

Concluindo

O CFO moderno, portanto, é uma ampliação do conceito da “pessoa responsável pelos números da empresa”. Muito mais que isso, o CFO ocupa uma posição de grande responsabilidade e importância para o crescimento – ou declínio – de uma empresa, estando lado a lado do CEO e todos os outros profissionais de C-Level.

Sua atuação deve ir além da análise de números e dados e do controle financeiro empresarial. Desenvolvendo a liderança e uma visão estratégica, os Diretores Financeiros trazem inovações que mudam o rumo das organizações.

Se tiver alguma dúvida, clique aqui e entre em contato conosco!

Conteúdos Relacionados:

Transição de Controller para CFO

Dicas para você se destacar como Controller

Gestão Financeira Empresarial: 5 dicas para melhorá-la

Gestão Financeira: a chave para o sucesso da sua empresa

CEO, CFO e COO: você sabe o que significam?

 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *