avaliando numeros valuation

Você sabe qual o Valuation da sua empresa? Para responder essa pergunta, devemos fazer uma avaliação da empresa, para descobrir qual é o seu valor.

Contudo, precisamos ter em mente que existem inúmeros métodos de Valuation para descobrir o valor de uma empresa, e a escolha do método ideal é importantíssima para chegar a um resultado mais justo e fidedigno ao seu negócio.

A decisão de qual metodologia utilizar para fazer um Valuation exige conhecimento estratégico e técnico, além da necessidade de conhecer bem o setor e as condições em que a empresa se encontra.

O valor final encontrado pode variar dependendo dos métodos de Valuation que foram utilizados e das premissas consideradas no momento da modelagem financeira, como percepção de mercado e percepção do crescimento da empresa nos próximos anos.

Mas não se preocupe: iremos te orientar!

Esse artigo é um guia completo sobre os 3 principais métodos de Valuation, onde explicaremos quando usar cada metodologia e como colocá-las em prática.

O que é Valuation?

avaliando numeros valuation

Valuation é o termo, em inglês, que dá nome ao processo de avaliação de uma empresa.

O Valuation permite estimar o valor do negócio em questão, usando modelos quantitativos para analisar a situação financeira e as perspectivas de crescimento da empresa.

  • Assista este vídeo para saber mais sobre o que é o Valuation e como calcular o valor de uma empresa.

Se a sua empresa fatura menos de R$10 milhões anualmente, recomendamos fortemente que leia o artigo sobre avaliação de pequenas empresas

Qual o objetivo principal da Valuation?

Infelizmente não é raro encontrarmos negócios onde os sócios e responsáveis não têm ciência sobre o real valor da empresa.

Isso, a curto ou longo prazo, pode colocar a empresa em maus lençóis, uma vez que não haverão referências plausíveis e suficientes para a tomada de decisões.

A Valuation, como explicado anteriormente, existe para identificarmos qual é o valor de mercado da empresa.

Saber quanto cada empresa vale é fundamental para tomar decisões estratégicas, agora ou no futuro, como a venda da instituição, a solicitação de empréstimos, a fusão com outro negócio ou a prospecção de novos sócios.

Quando utilizar o valuation?

calculando valuation empresaO Valuation é utilizado durante a aquisição de empresas, gestão da carteira de ativos da instituição, gestão das finanças corporativas e até para fins tributários e legais.

Aquisições de empresas

Em um momento de aquisição de empresas, o valuation é necessário para que a negociação seja mais eficiente.

Por um lado, os vendedores buscam por estimar o melhor valor possível para a venda da empresa.

Na outra ponta, os compradores irão buscar informações para identificar o valor que será gerado pela aquisição do negócio.

Fins tributários e legais

Quando o assunto são fins legais e tributários, o valuation é necessário em diversos momentos:

  • na entrada e saída de sócios da empresa;
  • em disputas judiciais;
  • e em demais situações onde é necessário ter, de forma bem determinada, o valor justo do negócio.

Finanças corporativas

Durante a gestão das finanças corporativas, o valuation é necessário para mostrar, por exemplo, em qual ciclo de vida a empresa está.

No caso de startups, por exemplo, que estão em fase de expansão, é interessante saber o valor real da empresa para conseguir abordar possíveis novos investidores de capital de risco.

Empresas mais maduras e estruturadas, por outro lado, podem utilizar o valuation quando há a possibilidade de abrir o capital para investimento.

Os acionistas da empresa também precisam estar cientes do valuation do negócio. Ele irá ajudar no entendimento sobre a realidade da empresa e, a partir daí, influenciar nas decisões financeiras da instituição.

Investidores ativistas

Os investidores ativistas são pessoas que buscam por empresas que possuem má gestão.

A proposta desse grupo de investidores é transformar a administração do negócio através de alterações nas políticas de financiamento, dividendos e investimentos da instituição.

Nesses casos, o valuation é necessário para determinar qual será o valor gerado a partir das mudanças que foram implementadas pelos investidores ativistas.

Analistas fundamentalistas

Os analistas fundamentalistas são investidores que se interessam em ativos instalados e na aquisição dos mesmos por um valor menor do que o real.

Os investidores de crescimento, por sua vez, estão interessados na avaliação dos ativos voltados para o crescimento da empresa, e na possibilidade de adquiri-la com descontos.

Para esses dois cenários, o valuation é a base da análise do que pode ser considerado um valor justo de uma empresa.

Esse valor justo precisa levar em conta as expectativas de crescimento do negócio, o fluxo de caixa e os riscos associados que ela carrega.

Investidores passivos

Os investidores passivos consideram o preço de mercado como a melhor estimativa do valor justo da empresa de seu interesse.

Por isso, nesses casos, o valuation é utilizado para determinar quais são as premissas de crescimento e de risco, responsáveis por influenciar os preços de mercado desses ativos.

Investidores de momento

Para os investidores de momento, é esperado que os retornos momentâneos do mercado possam ser maiores do que as ações mantidas a longo prazo.

Para esses investidores, o valuation irá ajudar a avaliar uma boa quantidade de ações e identificar se o mercado está bem ou mal avaliado naquele momento.

Por que é importante fazer o Valuation da sua empresa?

discutindo valuation da empresaSaber o valor da empresa ou avaliar se a proposta oferecida é compatível com o Valuation do seu negócio é fundamental quando surge a oportunidade de atrair investidores ou analisar uma proposta de compra/venda da instituição.

Ao entender como funciona o Valuation de uma empresa, seja você investidor, comprador ou empresário, também irá entender melhor como aquele negócio está configurado, o que irá ajudar diretamente na tomada de decisões estratégicas.

Isso porque, durante a construção de um laudo de Valuation, é necessário fazer uma análise financeira completa da empresa e de seu setor.

Essa análise possibilita levantar as falhas, entender o comportamento da empresa frente seus concorrentes, analisar diferentes cenários e o risco do investimento.

A análise pode, além disso, evidenciar uma necessidade de capital, informação que pode ajudar durante a tomada de decisões de um gestor.

Outro aspecto importante para a realização do Valuation é a utilização desse cálculo para alinhar as suas expectativas de valor e o quanto realmente vale a sua empresa.

É muito comum que o dono de uma empresa tenha em mente um valor equivocado porque possui um vínculo emocional com o negócio, com todo o esforço para chegar até aquele momento e todo o trabalho que teve.

Por esse motivo, é muito importante que o empresário saiba o real valor da sua empresa para não perder boas oportunidades por falta de conhecimento.

Para isso, ele precisa saber qual o melhor dentre os métodos de Valuation a serem usados para a sua empresa e o setor ao qual ela pertence.

Entre as diversas técnicas existentes, escolhemos os três métodos de Valuation mais utilizados pela nossa equipe para avaliar uma empresa.

Veja a seguir quando escolher cada um deles, suas vantagens,desvantagens e os critérios utilizados para chegar ao preço justo do negócio.

Como calcular o valuation de uma empresa?

Hoje vamos apresentar três metodologias para calcular o valuation da sua empresa.

São elas:

  • fluxo de caixa descontado (FCD);
  • múltiplos de mercado;
  • valor patrimonial.

Cada uma delas possui um modelo de cálculo diferente, considerando fatores distintos.

Para encontrar a opção mais interessante para o seu negócio, confira as especificidades de cada uma a seguir.

Fluxo de Caixa Descontado (FCD)

parceria valuationA avaliação pelo FCD é capaz de trazer a valor presente a capacidade dahttps://investorcp.com/wp-content/uploads/2020/01/parceria-valuation.jpeg empresa de gerar riquezas no futuro mediante uma taxa de desconto denominada WACC (Weighted Average Cost of Capital) que representa o custo de capital da empresa.

Ou seja, no método do Fluxo de Caixa Descontado, o valuation é feito levando em consideração os investimentos feitos em seus ativos operacionais, o seu custo de capital e os riscos do empreendimento.

Geralmente essa projeção é analisada pelos próximos 5 anos, podendo ser projetada por mais tempo, variando de acordo com o nível de previsibilidade da receita, ou seja, a solidez dos seus resultados históricos.

Diante disso, podemos perceber que esse método não deve ser usado para o Valuation de Startups, uma vez que esse tipo de empresa não apresenta dados históricos para criar uma projeção confiável (principalmente em se tratando de receita).

Outro fator que impede que esse método seja usado para avaliar Startups é que, como essas empresas crescem de forma exponencial até atingirem a maturidade, projetar a capacidade de gerar riquezas, mantendo a taxa de crescimento do seu período inicial, pode ser irreal.

Para saber mais sobre o Valuation de Startups, leia o nosso conteúdo exclusivo sobre o assunto clicando aqui.

As 4 Etapas do cálculo do Valuation pelo método do Fluxo de Caixa Descontado

calculando valuation empresa

  1. Calcular o fluxo de caixa, ou seja, a entrada e saída de dinheiro da empresa em um determinado período (5 anos ou mais);
  2. Determinar a taxa de desconto de acordo com o custo de oportunidade do investidor em realizar investimentos em outros ativos, o custo de possíveis financiamentos bancários e os riscos inerentes à atividade da empresa, que são calculados com base nos números do setor de atuação da empresa em questão;
  3. Calcular o valor presente de todos os fluxos, utilizando modelos matemáticos, como regressão linear;
  4. É calculado um valor residual, que é uma estimativa do valor que seria gerado no futuro após a janela de tempo abrangida pela projeção. Esse valor considera os riscos da empresa e os potenciais de crescimento e deve ser trazido a valor presente pelo custo de capital (WACC), assim como já foi feito com os demais fluxos de caixa.

Mas na prática, como são feitos esses cálculos?

Legenda:

  • CFi = Fluxo de Caixa gerado no período i, estimado dos períodos 1 a T
  • Kc = Taxa de Desconto (WACC)
  • g = taxa de crescimento no longo prazo
  • EV = Enterprise Value ou Valor da Empresa
  • TV = Valor Terminal ou Valor Residual

E agora? Já temos o valor da empresa (Enterprise Value – EV), a última etapa é determinar o valor do Equity (Equity Value), ou seja, o valor real do negócio.

Vamos usar a seguinte fórmula:

Equity Value = EV (+/–) Saldo das Contas Não Operacionais

Sendo que as Contas Não Operacionais são compostas, majoritariamente, pelo endividamento total da empresa, menos o caixa disponível e outros equivalentes de caixa.

Banner - Planilha Valuation Investor

Múltiplos de Mercado

Quando seu celular estraga, a primeira coisa que você faz é pesquisar o modelo que você deseja comprar na internet para saber qual a melhor loja ou o melhor e-commerce para efetuar a compra, não é?

Ou seja, você faz uma análise comparativa de valores, entre as lojas, sobre um mesmo produto.

O método de Valuation por Múltiplos de Mercado é, simplificadamente, o mesmo processo.

Para calcular o valor de uma empresa utilizando a metodologia de Múltiplos de Mercado é necessário fazer uma análise comparativa do desempenho econômico-financeiro de empresas com características similares do mercado (principalmente porte e setor de atuação).

Trazendo isso para o exemplo do Celular, é como se você optasse por pesquisar o preço de um modelo X de celular em lojas de varejo de mesmo porte.

Em geral, essa metodologia é usada quando se tem ativos comparáveis muito similares e quando se necessita de uma análise rápida e de fácil interpretação.

É preciso estar atento a dois aspectos ao utilizar a metodologia de Múltiplos:

  1. Os valores devem seguir o mesmo padrão.

Sendo assim, para calcular o múltiplo preço/lucro, você precisa encontrar o preço por ação e o lucro por ação e o lucro por ação da empresa que você está usado para comparar.

No caso do celular, não faria sentido você comparar um Iphone 7 com um Samsung Galaxy S6 em termos de desempenho e valores, pois eles são produtos diferentes.

  1. É importante saber que não existem empresas idênticas, por isso é preciso encontrar empresas com características bem similares, evitando divergências em relação às perspectivas futuras.

Retomando novamente o caso da pesquisa para um novo celular, você não pode comparar um Iphone e um Galaxy, mas pode comparar as empresas Apple e Samsung.

Uma vez que elas concorrem no mesmo setor e apresentam características ou perspectivas similares.

Como você pode perceber, trata-se de um método simples e fácil de utilizar, sendo muito útil como comparação quando escolhido outros métodos de avaliação.

A avaliação por múltiplos talvez seja a que mais apresenta valores próximos ao valor de mercado de empresas similares, no entanto, pode não ser o valor mais próximo ao que realmente vale o negócio.

Como o método se limita a comparação de mercado, se houver descuido por parte do avaliador e ele usar informações não confiáveis ou uma empresa não comparável, o valor final pode acabar ficando distorcido.

Tipos mais comuns

Existem vários múltiplos de mercado, os mais conhecidos são: Firm Value/ Ebitda, Valor empresarial/Ebitda, Firm Value/ faturamento e Valor Empresarial/ lucro líquido.

A equação básica de qualquer múltiplo é a divisão entre dois fatores, sendo o valor de mercado, o qual pode ser o preço da ação ou uma transação de uma empresa, pela variável que gerou a relação possível de comparação entre as empresas:

formula valuation

Veja os tipos de múltiplos mais comuns:

  1. Múltiplos de lucro – Preço por ação (P) dividido pelo Lucro por ação (L).
  2. Múltiplos de valor patrimonial – Valor de mercado dividido pelo valor do patrimônio líquido da empresa.
  3. Múltiplos de receita – A receita é a primeira linha do resultado, ela é menos influenciada pelas regras contábeis. Enquanto que os múltiplos de lucro e o valor patrimonial têm seus cálculos mais influenciados pelas regras contábeis.
  4. Múltiplos setoriais – Restringem a comparação a empresas do mesmo setor devido a seu alto grau de especificidade.

Ao determinar esse múltiplo, você gera uma faixa de valor que o mercado estaria valorizando seus ativos.

Cada múltiplo gera uma faixa de valor e cabe ao avaliador determinar qual o melhor múltiplo a ser utilizado em determinado setor para não criar uma análise enviesada.

A técnica do método se baseia em saber qual múltiplo financeiro deve ser usado para criar uma análise que se aproxima ao valor real e atrelar essa metodologia com outros métodos.

Uma vez que ele não leva em conta o risco, a taxa de crescimento da empresa e o potencial de fluxo de caixa.

Valor patrimonial

Calcular o preço de uma empresa pela metodologia Valor Patrimonial tem como base a avaliação do patrimônio líquido.

Para chegar ao valor patrimonial contábil de um negócio, é preciso somar todas as contas dos seus ativos circulantes (caixa, valores a receber, despesas antecipadas etc.) e não circulantes (imóveis, máquinas, estoque, equipamentos, veículos etc.).

Depois, subtrair as dívidas e outras obrigações presentes no passivo circulante e não circulante (obrigações trabalhistas, fornecedores, obrigações tributárias etc) da empresa.

Curso Online Valuation para fins de M&A

Quadro comparativo dos Métodos de Valuation

Agora que você já conhece as três técnicas de Valuation, veja abaixo um quadro com as vantagens e desvantagens de cada uma.

metodos-de-valuation-tabela

 

Outros tipos de Valuation

Além dos três métodos principais explicados anteriormente, outras metodologias de cálculo de Valuation também estão disponíveis.

Método de liquidação de ativos

O método de liquidação de ativos acontece quando há interesse dos sócios de vender o negócio ou, de alguma forma, encerrar as atividades da empresa.

Dessa forma, é necessário fazer uma conta simples, somando todos os ativos e subtraindo os passivos.

Para esse cálculo, todos os bens materiais da empresa são considerados, devido à possibilidade de serem transformados em dinheiro rapidamente através da venda.

O valuation nesse momento irá ajudar o comprador, caso seja um momento de venda da empresa, a entender o valor que irá receber caso não consiga manter a empresa funcionando e, futuramente, seja necessário liquidá-la.

Método do capital de risco

No método de capital de risco, os investidores conseguem saber quanto receberão caso retirem o investimento realizado na empresa.

Essa metodologia é mais comum em startups, por possuírem um grande potencial de geração de lucro para seus investidores.

Com esse cálculo, o investidor também poderá decidir qual será o maior valor investido em cada uma das empresas, para receber o retorno esperado, dentro do prazo escolhido.

Avaliação por direitos contingentes

Também conhecida por avaliação por opções reais, esse modelo ajuda a entender qual seria o retorno em circunstâncias específicas.

Criado por Black & Scholes, em 1972, esse modelo determina que o valuation seja definido através de uma das variáveis:

  • taxa de juros livre de risco;
  • o preço de exercício e o prazo de vencimento dessa opção;
  • o valor corrente ou a variação do valor do ativo objeto.

Valuation pré-investimento

O valuation pré-investimento, como o próprio nome diz, reflete o valor da empresa antes da entrada de aporte financeiro dos investidores.

Imagine um cenário em que uma empresa, de valor estimado de R $4 bilhões, recebe um aporte financeiro de R $1 bilhão.

O primeiro valor, antes do aporte, é o valuation daquele negócio.

Valuation pós-investimento

Por outro lado, enquanto tempos o valuation pré-investimento, existe também a possibilidade de calcular o valuation pós-investimento.

Nesse contexto, o valor da empresa será calculado após o aporte financeiro dos investidores.

Conclusão

calculando valuation empresa

O valuation é fundamental para os mais diversos momentos da empresa: seja na busca por novos investidores, durante a aquisição de um outro negócio ou durante a venda da instituição.

Para qualquer um desses casos, no entanto, é fundamental identificar o tipo de cálculo que mais se adequa à realidade da sua empresa.

Por isso, sugerimos que você tenha em mente os tipos de Valuation existentes e veja, a partir de então, qual é a melhor opção.

Ficou alguma dúvida? Compartilhe conosco, será um prazer para nós esclarecer e discutir sobre os métodos de Valuation.

A Investor conta com um corpo executivo e técnico multidisciplinar e altamente preparado para contribuir com a sua empresa.

Além disso, para te ajudar a identificar novas oportunidades na sua empresa, leia nosso artigo sobre Crescimento empresarial: 6 dicas para sua empresa crescer.

 

Baixe aqui a Planilha Modelo de Valuation para calcular o valor da sua empresa.

Ficou alguma dúvida? Compartilhe conosco, será um prazer para nós esclarecer e discutir sobre os métodos de valuation. A Investor conta com um corpo executivo e técnico multidisciplinar e altamente preparado para contribuir com a sua empresa.

 

Já fez o Valuation da sua empresa? Quer saber quanto vale seu negócio? Solicite um orçamento!

 

Conteúdos relacionados à Métodos de Valuation:

15 Comentários

  • DANIEL Responder

    29 de maio de 2019 at 13:45.

    Otimo

    • Investor Responder

      13 de junho de 2019 at 23:16.

      Ei Daniel. Que bom que gostou 🙂 Volte sempre!!

  • Carlos José Cordeiro Responder

    1 de agosto de 2019 at 00:55.

    Muito bom

  • andré luiz rocha Responder

    28 de fevereiro de 2020 at 12:21.

    Perfeito! Muito esclarecedor. Obrigado.

    • Investor Responder

      2 de março de 2020 at 22:58.

      Oi André. Que bom que gostou! Obrigado pelo feedback.

  • Rosivaldo Rêgo Responder

    25 de agosto de 2020 at 21:42.

    Parabéns pelo artigo, muito bem apresentado, de forma clara e objetiva.

    • Investor Responder

      27 de agosto de 2020 at 13:29.

      Oi Rosivaldo, muito obrigado pelo feedback. Ficamos felizes que gostou.
      Conte conosco!

  • Carlos José Pedrosa Responder

    22 de setembro de 2020 at 08:46.

    O assunto é de suma importância para a gestão das empresas. Comprar ou vender uma empresa, sem fazer antes o Valuation, será dar um tiro no escuro.

    • Investor Responder

      23 de setembro de 2020 at 14:28.

      Exatamente, Carlos.
      Por isso, é preciso entender direitinho o valor do seu negócio antes de pensar em realizar uma operação societária ou venda definitiva. O cálculo do valuation é fundamental!
      Um abraço

  • Vanete Santos Alexandre Responder

    26 de dezembro de 2020 at 12:15.

    Excelente conteúdo e disponibilização de uma ótima planilha! Parabéns e obrigada Rodrigo.

    • Investor Responder

      6 de janeiro de 2021 at 18:20.

      Olá Vanete, ficamos muito felizes em saber que nosso conteúdo foi útil para você! E não se esqueça, em caso de dúvidas estamos sempre a disposição.

  • alesandro alves martins Responder

    7 de janeiro de 2021 at 20:18.

    como faço para lançar os valores negativos como pedem na planilha?

    • Investor Responder

      2 de março de 2021 at 09:05.

      Olá Alessandro, a planilha apenas bloqueia a entrada de números positivos. Se o erro persistir entre em contato comigo através o e-mail: marketing@investorcp.com que olhamos direitinho o que pode estar acontecendo!
      Abraços.

  • Alba Goncalves Responder

    20 de março de 2021 at 11:47.

    Olá!!
    Gostaria de fazer um orçamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *