dicas-para-pitch

Levantar capital para alavancar negócios pode ser mais fácil para sua empresa usando um pitch bem planejado. Quer entender mais sobre o assunto? Confira 10 dicas para pitch infalíveis e apresente-o com sucesso!

O que é o Pitch?

Talvez você já tenha visto em programas de televisão empreendedores apresentando seu negócio para grandes empresários, com o intuito de conseguirem o investimento necessário para alavancarem suas ideias. No mundo empresarial, esta apresentação se chama pitch.

O pitch normalmente é uma apresentação rápida em que o empreendedor deve apresentar sua ideia de maneira objetiva e dizer o que espera daqueles que o estão assistindo.

Existem diversos tipos de pitch, podendo ter duração de um minuto a uma hora e pode ser definido como o primeiro passo para captar investimento para o seu negócio.

É um grande desafio para o empreendedor, que deve apresentar de forma simples informações diferenciadas, claras e sucintas.

O desafio é utilizar palavras que representem a essência do negócio e demonstrar o quanto você acredita nele!

Agora vamos as dicas para pitch que te ajudarão a criar uma apresentação de sucesso!

Dicas para um pitch infalíveis

1- Apresente-se de forma objetiva

O primeiro passo de como fazer um pitch de sucesso é: conte quem você é e o que sua startup faz. Entretanto, não use muito tempo para falar sobre você, caso o investidor tenha interesse sobre seu background, ele vai te perguntar.

Esta apresentação deve conter apenas as informações essenciais do projeto, pois o tempo para cativar a audiência dos espectadores é muito curto e sua primeira impressão precisa ser impactante.

2- Visão

A segunda dica para pitch é mostrar onde a empresa quer chegar e demonstrar seus objetivos a longo prazo.

Defina ações transformadoras e aspirações para o futuro que motivem os investidores a colaborarem com o projeto em questão.

3- Como é formado o seu time?

Juntamente com o slide das projeções financeiras, esse é o slide mais importante para o investidor, por isso é interessante que venha no início da apresentação.

A dica para pitch nessa parte é mostrar o background da equipe e mostre que vocês possuem todas as qualidades necessárias para levar o negócio adiante.

4- Qual o problema?

O investidor quer saber se, de fato, sua proposta soluciona algum problema e se isso pode ser comercializado.

Apresente rapidamente qual o problema que sua empresa irá atender, ou seja, qual a necessidade que o mercado tem que ainda não é bem atendida pelos players majoritários e atuais.

Uma dica para pitch que fortalece seu discurso é usar estatísticas atuais do seu mercado para embasar seus argumentos.

5- Solução

Após apresentar o problema, este é o momento de justificar o fato de seu produto ser o mais adequado do mercado para resolvê-lo.

Não é necessário descrever cada detalhe técnico da solução, o mais importante é mostrar de maneira sucinta e objetiva que seu negócio é capaz de solucionar o problema.

Nesta etapa, usar a criatividade é um diferencial:

  • utilize conteúdos visuais, como um fluxograma do serviço ou um protótipo do produto, por exemplo;
  • apresente um case rápido de cliente que já se beneficiou de seu produto.

Esta é a melhor oportunidade para cativar o investidor com seu pitch.

6- Modelo de negócios

Neste momento você deve mostrar como sua empresa vai gerar caixa. Quem são seus clientes, quanto você cobra e como faz isso?

Mostre como o negócio é viável a curto ou médio prazo, qual será o retorno do investimento e em quanto tempo isso irá ocorrer.

As dicas para pitch fundamental para esta parte da argumentação são:

  • expor seu entendimento quanto a estrutura de custos envolvida no negócio;
  • saber quais os meios utilizados para sua distribuição;
  • explicar como será o processo de venda.

7- Mercado

Nesta hora do pitch você deve mostrar o tamanho do seu mercado e como é formado seu público alvo, pois o investidor se interessa muito pela capacidade de expansão de um negócio.

Para dar essa real noção, embase os números em pesquisas disponibilizadas por fontes confiáveis e procure traçar a sua persona, ou seja, seu cliente ideal.

Além disso, outras dicas para pitch são: trazer detalhes interessantes sobre o perfil dos seus clientes e sobre o nicho de mercado em que está envolvido, para detalhar o potencial de escala do seu negócio.

8- Competidores

Mesmo que seu negócio seja inovador, é um erro pensar que não há competidores.

Existirão empresas que prestam serviços semelhantes, mas em etapas e processos diferentes pelos quais a sua empresa passa, ou seja, concorrentes indiretos.

Você deve apresentar quais são estes concorrentes e quais são os diferenciais competitivos do seu negócio em relação a eles.

Os diferenciais podem estar relacionados ao seu modelo de negócios e não somente tecnológicos.

9- Investimento

Não é necessário apresentar os gastos detalhados de seu projeto, uma vez que esta discussão pode ser complexa e seria melhor abordada em outros tipos de reuniões.

Entretanto, uma dica para o pitch é deixar claro o valor do investimento necessário e como será utilizado a partir do momento em que estiver disponível.

Apresentar objetivos específicos e mostrar que o valor levantado já possui uma destinação certa dá maior credibilidade ao seu discurso.

10- Métricas e projeções financeiras

A apresentação das métricas do negócio é um dos momentos do pitch mais esperados pelos investidores.

Caso não haja um histórico, a dica para o pitch é mostrar qual é o faturamento e a base de clientes estipulados para os próximos anos. Entretanto, não seja otimista demais, para não parecer que está fora do mercado.

Além disso, tudo o que for adicionado a esta parte na apresentação deve estar alinhado com o restante do pitch para que os investidores saibam como as métricas podem evoluir com o crescimento da empresa.

Um bom pitch precisa ser fluido e linear. Entretanto, é fundamental treinar conversas e não somente um discurso, pois os investidores sempre têm diversos questionamentos.

O pitch deve ser apresentado de maneira que pareça natural, ainda que tenha sido construído e praticado diversas vezes. Treine sua arte de negociação e de improvisos, pois nesses pontos você pode fechar negócios!

Complete sua leitura com o artigo ‘Como calcular o valor de uma marca: 5 métodos mais aplicados’.

Gostou das nossas dicas para pitch? Compartilhe nos comentários suas técnicas na hora de uma apresentação de negócios.

A Investor conta com uma equipe especializada em avaliações com foco no sucesso dos negócios. A experiência e seriedade no serviço, aliados à equipamentos de ponta, permitem a entrega de resultados precisos, eficientes e com agilidade. Saiba mais sobre nossos serviços.

Clique aqui e solicite um orçamento!

Conteúdos Relacionados:

Captação de recursos: CRI e CRA

Análise de viabilidade econômico financeira

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *