Imagem ilustrativa de pessoas realizando cálculos e análises para ilustrar o controle patrimonial de Igrejas

A elevada carga tributária, a falta de planejamento financeiro e o aumento da complexidade das organizações são alguns dos diversos motivos que levam as empresas a se preocuparem em buscar formas de se manterem vivas no mercado brasileiro. Frente a grandes mudanças no cenário econômico e a necessidade de serem mais eficientes, os profissionais de Contabilidade e Controladoria se tornam cada vez mais evidentes.

A união das áreas é de grande importância para tornar a gestão satisfatória, tendo como objetivo principal trazer mais resultados para a empresa, de acordo com a análise da sua real situação e de suas projeções para o futuro.

Mas como isto é possível? É simples. Com os controllers e contadores trabalhando juntos, com funções não apenas contábeis, mas também gerenciais e estratégicas, é possível coletar e analisar informações essenciais para desenvolver o planejamento estratégico em busca dos objetivos do negócio.

Portanto, por estarem relacionadas, ainda vemos uma dificuldade no meio corporativo em distinguir as funções de cada um destes profissionais. Se você não sabe ao certo como eles atuam, leia este artigo! Ele irá te ajudar a entender a importância de ambos, o que os diferem e como eles podem trabalhar juntos para otimizar a gestão estratégica da sua empresa.

O que é e quais as funções do Contador?Contador trabalhando

 O Contador é um profissional que toma conta de questões essenciais para a saúde de qualquer empresa, sendo muito procurado não somente no período de abertura do negócio. Isso acontece devido a sua capacidade de analisar a viabilidade da organização no mercado (de acordo com o Sebrae, quase metade das empresas fecham antes de completarem 4 anos!).

Ele coleta e regulariza dados importantes da área financeira, tributária, econômica e patrimonial, para que a empresa esteja sempre em dia com seu fluxo de caixa, pagamentos de impostos, contas a pagar, investimentos, empréstimos etc. Por exemplo, o Contador é o responsável pela regularização da empresa na Receita Federal, no INSS e Prefeitura.

Para ser um Contador, é necessário ter graduação na área de Contabilidade (Ciências Contábeis), além de estar registrado no Conselho Regional de Contabilidade (CRC). Esse profissional pode atuar em diversos ramos, como perícia, auditoria, em empresas privadas ou públicas, ONGs e outros.

Portanto, o Contador não se restringe apenas à gestão de empresas, mas é indispensável a todas que desejam ter um controle fiscal e financeiro da organização, o que a leva a tomar decisões bem pensadas e estratégicas como consequência dos dados e informações coletadas pela Contabilidade.

Resumindo, as funções principais do Contador nas empresas são:

  • Assegurar a veracidade das informações;
  • Auxiliar a organização com a gestão tributária e fiscal;
  • Analisar e registrar variações ocorridas no patrimônio;
  • Ter uma visão detalhada de todas as despesas e receitas;
  • Desenvolver relatórios financeiros.

Controller trabalhandoO que é e quais as funções do Controller?

O Controller, por sua vez, é aquele que planeja, controla, dirige e analisa atividades de curto a longo prazo. Ele atua de forma generalista, abrangendo diversas áreas e tendo vasto conhecimento da organização como um todo. Sua função é a de orientador da equipe em busca do cumprimento de metas.

Dessa forma, o Controller é visto como um braço direito da Diretoria Financeira e até da Presidência, já que se responsabiliza pelo planejamento estratégico e financeiro da empresa e dá direções para a mesma de acordo com suas análises. Ele cria, desenvolve e analisa um caminho a ser seguido por todos, baseando-se em estudos de mercado e da própria organização.

Para se tornar um Controller, é importante ter formação em Administração, Economia ou Ciências Contábeis. Por se tratar de uma profissão multidisciplinar, o profissional deve ter conhecimento em gestão estratégica, controle financeiro e do mercado o qual a empresa se insere.

Dessa forma, o Controller está envolvido na parte estratégica da gestão, auxiliando constantemente os gestores de cada área a tomar as melhores decisões para alcançar suas metas e objetivos, com base no cruzamento e análise das informações coletadas e registradas pelo Contador.

Suas funções principais, portanto, são:

  • Estudar as mudanças do mercado no qual a empresa está;
  • Analisar o desempenho das ações estratégicas em todas as áreas;
  • Propor ações de melhoria e ações corretivas que aumentem o lucro e a rentabilidade;
  • Definir metas e objetivos;
  • Fazer a análise da saúde financeira da empresa;
  • Controlar o orçamento de acordo com o planejamento.

Não deixe de ler nossas dicas para se destacar como Controller clicando aqui

Quais são as principais diferenças entre Controller e Contador? 

Agora que você já entende a função de cada um, fica mais fácil entender que as duas áreas se divergem, porém se apoiam na mesma fundamentação, que é a de ajudar as tomadas de decisões e o crescimento saudável e estratégico da empresa por meio de informações confiáveis.

Uma das diferenças entre os dois é que o Contador, como já dito anteriormente, pode se especializar em várias áreas do conhecimento contábil, enquanto o Controller assume seu papel executivo estritamente em organizações. Os contadores trabalham voltados para a fiscalização e registros contábeis, enquanto os controllers exercem um papel estratégico, analisando dados e informações que são coletadas pelos contadores.

Dessa forma, existe uma relação de dependência entre o Controller e o Contador de uma empresa – quando esta possui ambos os profissionais – para que as informações sejam coletadas, registradas, analisadas, interpretadas e aplicadas à realidade. Esses profissionais, portanto, se auxiliam em busca de um objetivo comum.

O Contador fornece informações que auxiliam o planejamento, as tomadas de decisão e o controle das operações e atividades, enquanto o Controller faz com que o planejamento estratégico se desenvolva da melhor maneira para a empresa. Ele desenvolve, coordena e direciona ações para que ele se mantenha alinhado ao planejamento financeiro.

Como vimos, é de grande importância ter o auxílio do Contador e do Controller para atingir os objetivos globais da empresa. Afinal, só é possível se destacar em um ambiente competitivo e exigente, executando corretamente o que foi planejado, com base em dados e informações relevantes que comprovem a eficiência de tais ações.

Restou alguma dúvida? Clique aqui e entre em contato conosco!

Conteúdos Relacionados:

Transição de Controller para CFO

Dicas para você se destacar como Controller

Gestão Financeira Empresarial: 5 dicas para melhorá-la

Gestão Financeira: a chave para o sucesso da sua empresa

CEO, CFO e COO: você sabe o que significam?

Como se tornar um CFO moderno? 4 habilidades a serem desenvolvidas

 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *