imagem-ilustrativa-com-simbolo-do-excel-e-titulo-planilha-modelo-valuation

Visando auxiliar você e sua empresa, desenvolvemos uma Planilha de Valuation, ferramenta em Excel que permite que você descubra o valor da sua empresa em sete etapas rápidas e fáceis de fazer.

Inserindo as informações solicitadas, o cálculo é feito e entender como precificar sua empresa se torna uma tarefa simples. Continue com a leitura para compreender como utilizá-la a seu favor.

 

Mas, o que é Valuation?

Antes de usar a planilha é fundamental compreender para que ela é utilizada, certo?

Valuation é o termo, em inglês, que dá nome ao processo de avaliações de empresas.  Sua finalidade é estimar o valor do negócio em questão, usando modelos quantitativos para analisar a situação financeira e as perspectivas de crescimento do negócio.

Fazer a valoração da sua empresa é fundamental quando surge a oportunidade de vender seu negócio ou atrair potenciais investidores. Com o Valuation em mãos, é possível analisar uma proposta de compra/venda e verificar se o valor oferecido é compatível com o quanto o negócio realmente vale. Além disso, auxilia também a alinhar expectativas de valor.

Mas não é somente nesses momentos que o Valuation é importante. A valoração de uma empresa é importante para a gestão e para a definição de um planejamento estratégico, tendo em vista como está configurado aquele negócio e embasando melhor o processo de tomada de decisão.

Isso porque, ao fazer o laudo de Valuation, é necessário realizar a análise financeira completa da empresa e do setor, permitindo avaliar falhas, entender o posicionamento da empresa no mercado, analisar cenários e riscos, como também, evidenciar necessidades de capital.

Existem diferentes técnicas para avaliar o valor de uma empresa, porém, na planilha, o método utilizado é o Fluxo de Caixa Descontado (FCD) que explicaremos abaixo.

Para conhecer outros métodos de Valuation, leia o artigo: Métodos de Valuation: 3 maneiras de calcular o valor da sua empresa.

 

Fluxo de caixa descontado (FDC)

A avaliação por meio do Fluxo de Caixa Descontado traz a valor presente a capacidade da empresa de gerar riquezas no futuro mediante uma taxa de desconto. Essa taxa de desconto é conhecida como WACC (Weighted Average Cost of Capital), ou seja, custo médio ponderado de capital. Ela representa o custo de capital da empresa.

Tal método leva em consideração investimentos feitos em seus ativos operacionais, o custo de capital e os riscos do investimento. Sua projeção é, geralmente, feita para os próximos 5 anos, podendo ser projetada por mais tempo conforme a solidez e disponibilidade dos dados históricos.

Basicamente, é necessário calcular o fluxo de caixa, ou seja, a entrada e saída de dinheiro da empresa para o período projetado juntamente com a taxa de desconto de acordo com o custo de oportunidade do investidor, o custo de possíveis financiamentos e os riscos do negócio.

Com isso, é possível calcular o valor presente de todos os fluxos e o valor residual, ou seja, o valor que seria gerado no futuro após o período projetado trazido a valor presente pelo WACC.

O método tem como vantagens refletir os riscos inerentes à companhia e sua capacidade de gerar caixa no longo prazo. Em contrapartida são utilizadas muitas variáveis independentes e algumas dessas possuem um elevado nível de subjetividade.

É aplicável a empresas com geração de caixa positiva e com certa maturidade no mercado.

 

Planilha de Valuation: passo a passo

1º Passo: Resultados Históricos

Para projetar o resultado futuro da empresa, é necessário conhecer e informar como foi o desempenho histórico da organização.

Quanto maior a quantidade de dados de anos anteriores, melhor para uma projeção mais assertiva. Isso porque, eles podem servir de balizador para projeções que serão realizadas.

2º Passo: Setor de atuação da empresa

Saber o setor de atuação da empresa ajuda e entender riscos aos quais a mesma está sujeita em função de oscilações da economia. Além disso, é através do setor o qual sua empresa está inserida que podemos acessar nossa base de dados e entender os Múltiplos praticados para empresas como a sua.

3º Passo: Regime Tributário

sistema tributário do Brasil é um dos mais complexos do mundo e uma série de impostos podem incidir sobre o faturamento ou lucro da empresa conforme o local em que ela está instalada.

São 3 os principais regimes adotados no Brasil: Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional.  A planilha foi desenvolvida para empresas que operam nos dois primeiros regimes que são os adotados por empresas de médio porte no Brasil.

Conforme o regime, existem diferentes implicações. Por isso, nessa etapa é preciso indicar o regime adotado pela sua empresa e a presunção, como também, qual a taxa de ISS e/ou ICMS incidentes.

4º Passo: Expectativas

Fazer projeções sobre o futuro pode ser a parte mais complicada para calcular o valor de uma empresa.

Nessa etapa é preciso preencher as projeções de forma realista, imparcial e com base em dados factíveis sobre a performance futura da empresa. Lembre-se de usar como balizadores os dados preenchidos anteriormente.

É preciso preencher premissas, por exemplo, percentual de crescimento esperado no faturamento, margens de lucro esperadas e resultado financeiro. Na planilha você encontra maiores informações sobre como preencher tais valores.

5º Passo: DRE Projetada

Com base nas informações fornecidas nos passos anteriores, a figura abaixo ilustra o resultado projetado da empresa para os próximos 5 anos.

6º Passo: Prazos Médios

De forma a projetar a Variação da Necessidade de Capital de Giro, é importante entender o ciclo financeiro da empresa. Para tal, é necessário que você informe os prazos médios de recebimento de clientes, pagamento de fornecedores e de estocagem de mercadorias caso sejam relevantes para seu modelo de negócio (Algumas empresas de serviços podem não ter estoque, por exemplo).

7º Passo: Demonstração do valor da sua empresa

Após o preenchimento correto e completo da planilha de Valuation, ela calcula o valor aproximado da sua empresa e apresenta 2 resultados: o primeiro com base no fluxo de caixa descontado e o segundo de acordo com a metodologia de Múltiplos.

Embora a planilha de Valuation seja uma ferramenta prática e de fácil entendimento, ela não é a solução definitiva para sua empresa. Afinal, apesar de ter sido feita com base em práticas do mercado e teorias acadêmicas, algumas informações foram compiladas de forma simplificada a fim de facilitar sua utilização.

Por isso, a planilha não exclui a necessidade de contratar uma empresa especializada. O resultado pode não ser confiável assim como um Valuation realizado por profissionais habilitados e que consideram dados mais aprofundados e complexos, além de particularidades do seu negócio.

 

Clique aqui para baixar a Planilha de Valuation

Vídeo relacionado:

Assista este vídeo explicativo sobre o que é Valuation e como determinar o valor de uma empresa.

Conteúdos Relacionados

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *