onário de Controle Patrimonial

Visando contribuir com o processo de controle patrimonial da sua empresa, nós da Investor desenvolvemos um Questionário de Controle Patrimonial que além de explicar mais sobre o processo e suas etapas, vai te mostrar quais pontos sua empresa ainda precisa melhorar. Cabe ressaltar que realizar o processo de forma eficiente na sua empresa é de extrema importância para o fornecimento de relatórios estratégicos aos contadores, gestores, tomadores de decisão e acionistas.

Continue lendo o artigo para entender mais sobre o controle patrimonial e entender como esse questionário vai ser valioso para você!

Baixe aqui o questionário e acompanhe o texto!

Controle patrimonial

O que é controle patrimonial e porque as empresas devem fazer a gestão do seu patrimônio?

Primeiramente, o questionário apresenta um texto sobre o que é e porque as empresas devem fazer a gestão do seu patrimônio.

O controle patrimonial é basicamente o sistema de gestão do patrimônio da empresa, ou seja, controle de todos os ativos imobilizados desta. Assim, é possível pensar nos diversos benefícios que o processo traz:

  • Obter o real valor patrimonial da empresa;
  • Proteção do patrimônio;
  • Facilidade de encontrar os bens e obter informações sobre estes;
  • Diminuição das perdas, furtos e extravios de ativos;
  • Controle de tudo que a empresa possui;
  • Atendimento às normas contábeis;
  • Conhecimento dos valores reais de cada bem;
  • Entre outros que você pode conferir com mais detalhes no arquivo.

Quais são as 6 etapas para um controle de patrimônio eficiente?

Logo após são mostradas as etapas do processo:

  • Inventário: vistoria e constatação do estado de conservação dos bens. Também é feito um questionário sobre o regime de manutenção e tempo de uso;
  • Emplacamento dos bens: fixação de etiquetas patrimoniais que além de transmitir uma informação visual de que determinado bem é controlado pela entidade, fornece uma numeração única, reduzindo os prazos em inventários futuros e auxiliando fortemente na etapa de conciliação físico x contábil, o que culmina na diluição dos custos do processo ao longo dos anos;
  • Avaliação dos ativos: acontece a avaliação a valor de mercado dos ativos (CPC 46). A partir do valor justo, é calculado também o valor residual, que é o valor que a empresa espera receber ao final da vida útil econômica do ativo;
  • Revisão das vidas úteis do imobilizado: tempo que a empresa espera que o ativo traga benefícios econômicos para a empresa. Ela pode variar dependendo da sua utilização na operação da companhia. É necessário revisá-las para contabilizar a depreciação, amortização e obsolescência do ativo;
  • Determinação das novas taxas de depreciação: a partir do valor residual e justo, é calculado o valor depreciável. Esse valor é diluído ao longo da vida útil remanescente para se determinar a depreciação anual do ativo;
  • Teste de Impairment: teste de recuperabilidade dos ativos que verifica se os ativos estão desvalorizados, ou seja, se o valor contábil excede o valor recuperável.

Cuidados na hora de fazer a gestão patrimonial da sua empresa

Além disso, ao final são apresentados alguns cuidados que são essenciais no processo: utilização de um software adequado que contenha todos os requisitos exigidos por lei; os gestores devem exigir laudos conforme a legislação e as normas técnicas; e a empresa responsável pelo processo deve possuir uma equipe experiente e capacitada (caso o processo seja terceirizado). Tais cuidados são dicas fundamentais a serem adotadas na sua empresa para que a gestão do patrimônio seja feita da melhor maneira possível.

Aqui na Investor, nós contamos com profissionais qualificados que atuam em todo o Brasil e podem realizar o controle patrimonial da sua empresa de maneira adequada. Estamos à disposição para ajudá-lo.

Ficou interessado? Solicite um orçamento clicando aqui!

Questionário

Após compreender um pouco mais sobre controle patrimonial, seus benefícios e suas etapas, é hora de avançar e responder o questionário que preparamos para você. Com ele você vai descobrir como anda a gestão do patrimônio da sua empresa:

Instruções para o questionário de Controle Patrimonial

É necessário responder as 20 questões de forma realista e imparcial para compreender e avaliar o que realmente sua empresa necessita e quais etapas precisam ser melhoradas. Responder as questões de forma equivocada gerará um resultado que não será aplicável à sua empresa.

Após respondê-las, a pontuação é revelada. Os resultados variam de 0 a 100, sendo 0 o pior dos casos e 100 a melhor situação. Se sua gestão estiver 100% parabéns, você está realizando seu controle patrimonial perfeitamente!

Pontuação no questionário de Controle Patrimonial

Se a sua gestão não estiver 100% sua empresa precisa se dedicar mais ao controle do patrimônio. Não hesite em entrar em contato conosco para que possamos te auxiliar e assim melhorar a situação da gestão do patrimônio da sua empresa. Não se desespere: com os especialistas certos e dedicação por parte da empresa, tal controle será realizado da forma mais adequada, tanto para atender requisitos da lei como para facilitar o processo de gestão da sua empresa como um todo!

Pontuação no questionário de Controle Patrimonial

Além disso, cabe ressaltar que o questionário deve ser realizado em períodos diferentes para garantir que o Controle Patrimonial da sua empresa esteja sempre sendo realizado da melhor maneira e continuamente!

Para facilitar ainda mais, não deixe de baixar a Planilha de Controle Patrimonial Gratuita que também elaboramos para te auxiliar. Com ela você pode começar agora a fazer a gestão dos ativos imobilizados da sua empresa através de 3 passos muito simples, em uma planilha automatizada em Excel! Baixe aqui a Planilha de Controle Patrimonial!

Veja também nosso vídeo que explica como é feito o Controle Patrimonial dentro de uma empresa:

Restou alguma dúvida? Clique aqui e entre em contato conosco.

 

Conteúdos Relacionados:

Controle Patrimonial: como e porque fazer na sua empresa

Teste de Impairment: conceito, regras e metodologias

Ativo Imobilizado: o que é, contabilização e exemplos

Inventário Patrimonial: o que é, como fazer e os benefícios desse relatório

Etiquetas Patrimoniais: vantagens, exemplos e tecnologia

Revisão da vida útil na Gestão do Ativo Imobilizado 

Depreciação do ativo imobilizado