zelar pelo patrimonio da empresa

O patrimônio compreende um conjunto de bens pertencentes a uma empresa, que são utilizados para produção, fornecimento de mercadorias ou serviços. Além de serem essenciais nas operações da empresa, os bens detêm valor para a entidade, por isso é essencial zelar pelo patrimônio da organização.

Parte desse patrimônio sofre com a redução da parcela de sua funcionalidade, desgastando e perdendo capacidade com o passar do tempo. Chamamos isso de obsolescência física-funcional.

Dessa forma, cuidar do patrimônio da empresa é tarefa de toda entidade. Todos os profissionais devem conservar e fazer intervenções nos bens da instituição, sempre que necessário.

Existem diversas maneiras de zelar pelo patrimônio da empresa e, neste artigo, separamos alguns desses métodos de como cuidar melhor dos bens patrimoniais de sua organização.

5 passos de como zelar pelo patrimônio da empresa

1. Manutenção dos bens

cuidados com o patrimônio
A Investor possui uma equipe altamente qualificada para manter os cuidados com o patrimônio de sua empresa

Esse tipo de manutenção não tem capacidade de aumentar a vida útil do bem, nem tampouco modernizá-lo evitando a obsolescência funcional. Entretanto, é necessário para o funcionamento normal do bem, garantindo, que ele não coloque em risco toda a produção.

Existem também as manutenções programadas e exigidas por normas de segurança para atender a padrões de qualidade.

Por fim, é importante destacar que a manutenção de um bem pode permitir certa recuperação da sua capacidade, recuperando também parte dos investimentos feitos anteriormente pela empresa. Muitas vezes ela evita gastos desnecessários com aquisição antecipada de ativos.

Por essas razões a manutenção é o primeiro tópico da lista de como zelar pelo patrimônio da empresa.

2. Reparação dos bens

A reparação dos bens, assim como a manutenção, também não é capaz de aumentar a vida útil do bem. Entretanto, é capaz auxiliar no retorno da sua capacidade normal.

Ela está relacionada ao conserto ou modificação de parte do equipamento ou de suas peças, que sofreram alguma falha ou dano por causa de problemas técnicos.

Tanto a manutenção, quanto a reparação, são maneiras de zelar pelo patrimônio da empresa, que evitam que a organização aumente o descarte dos seus bens, pois, possibilitam que o mesmo atinja sua vida útil econômica total estimada.

Dessa forma, além de diminuir gastos com novas aquisições, a empresa também estará reduzindo a produção de lixo, contribuindo para o meio ambiente.

3. Seguros

Os seguros de ativos imobilizados são serviços que a empresa contrata como forma de assegurar os cuidados com o patrimônio e garantir sua reposição em caso de danos materiais, incêndios, explosões e alagamentos, roubo, furto, entre outros.

Quando os bens tiverem cobertura de seguro e estes forem perdidos ou danificados em decorrência de sinistro, a empresa estará resguardada com a indenização que receberá da seguradora.

cuidados com o patrimônio
Os cuidados com o patrimônio envolvem contratos de seguro adequados

Esta indenização será contabilizada como receita não operacional, enquanto o bem perdido em decorrência do sinistro, será considerado como ganho ou perda de capital pela empresa.

A decisão de realizar contratos de seguro pode ser importante tarefa dentro do processo de como cuidar do patrimônio da empresa, afinal, garante a reposição dos ativos imobilizados que sofreram danificação ou perda.

Contudo, é muito importante que a empresa avalie anualmente seus ativos para não pagar prêmios maiores em decorrência de uma avaliação superestimada em maquinários e equipamentos, ou pior, ter um valor segurado inferior ao valor de reposição, o que geraria grande prejuízo em caso de sinistro.

Saiba mais sobre avaliação de bens para fins de seguro aqui!

Faça o controle dos ativos imobilizados da sua empresa e entenda como contabilizá-los.

4. Furtos/desvios

Sem um controle do patrimônio adequado, furtos e desvios dos bens de uma empresa podem ocorrer.

Para reverter esse cenário, é necessário aumentar a rigidez em relação ao controle e monitoramento do patrimônio.

Além disso, com um bom controle dos ativos é possível criar na empresa uma cultura de cuidado com o patrimônio, fazendo com que cada responsável pelo seu setor, fique mais atento.

Mesmo que na empresa ocorram casos isolados, a soma desses prejuízos pode fazer diferença no patrimônio da empresa no longo prazo. Dessa forma, deve-se estar atento e zelar pelo patrimônio da empresa, evitando os furtos e desvios.

5. Compras desnecessárias

cuidados com o patrimônio
Cuidado com compras desnecessárias

Toda empresa busca reduzir ao máximo seus custos, principalmente em momentos de crise quando as organizações estão cada vez mais atentas à redução dos gastos.

Ao realizar compras desnecessárias, a entidade estará despendendo dinheiro que não trará retorno para ela, visto que a compra não será utilizada.

Com um bom controle patrimonial é possível que a empresa tenha conhecimento dos seus bens no tempo presente.

O inventário patrimonial de ativos imobilizados é um bom mecanismo de controle e pode auxiliar a não realizar compras desnecessárias, pois, é neste processo que ocorre a relação entre os bens, suas características técnicas e local em que se encontram.

Assim, reconhecendo seus bens, é possível decidir se há necessidade de compra ou não, evitando o desperdício de recursos e melhorando a utilização dos mesmos, sem que ocorra compras desnecessárias.

6. Controle patrimonial

Nós já falamos dele por aqui. O controle patrimonial é o processo de conhecimento e monitoramento do patrimônio de uma empresa, fornecendo relatórios com informações estratégicas para os gestores e para a contabilidade.

Realizar controle patrimonial significa que a empresa está zelando pelo seu patrimônio, por meio da realização de:

  • inventário;
  • avaliação dos ativos;
  • revisão das vidas úteis dos imobilizados;
  • determinação das novas taxas de depreciação;
  • Teste de Impairment.

O controle patrimonial pode fornecer informações sobre o ativo imobilizado de uma empresa, proporcionando uma visão da situação real do parque fabril da organização.

Assim, por exemplo, o número de furtos e desvios em uma empresa reduzirão com o aumento do monitoramento dos bens, além de informar a necessidade de compras, evitando que estas sejam realizadas de forma desnecessária.

Toda organização deve zelar pelo patrimônio da empresa, seja por meio de:

  • manutenções;
  • reparos;
  • seguros;
  • controle patrimonial.

Aprender como cuidar melhor dos bens patrimoniais, evitará prejuízos a entidade com furtos, desvios e compras desnecessárias.

A Investor possui uma equipe técnica capacitada e experiente para atender melhor você e a sua empresa na hora de realizar o controle patrimonial e garantir todo o cuidado com o seu patrimônio. Somos especializados em gestão do ativo imobilizado. Possuímos uma equipe técnica capacitada e experiente, que atua em todo o Brasil, para atender melhor você e a sua empresa.

Entre nossos serviços para sua empresa, você encontra:

  • inventário patrimonial, avaliação de ativos fixos, revisão das vidas úteis e Teste de Impairment.
  • laudos técnicos de Valuation, Alocação do Preço de Compra – PPA, Laudos Contábeis e outros.
  • assessoria financeira em M&A – Fusões e Aquisições – podendo envolver diversas operações societárias.
  • laudos técnicos de avaliações técnicas imobiliárias, relacionados a imóveis urbanos, rurais e empreendimentos.

Entre em contato conosco e solicite um orçamento!