Gestor com um gráfico crescente em mãos representando os resultados de sua expansão empresarial

Vivemos em um mercado cada vez mais competitivo e, por isso, as empresas estão sempre em busca de diferenciais. O fato é que, seja pelo alto número de empresas que surgem ano após ano ou pelas novas tendências de mercado, as empresas que não se atualizam não conseguem sobreviver.

Por outro lado, as empresas que já atingiram o seu máximo potencial também não podem se acomodar, pois a concorrência está sempre de olho. Neste caso, o caminho para sobreviver é se expandir. Mas como? Aprenda neste artigo a importância da expansão empresarial e como fazê-la!

O que é a expansão empresarial e qual a sua importância?

A expansão empresarial é a busca por novos produtos ou serviços. Pode se dar por meio da abertura de filiais, adição de franqueados, fusão ou aquisição de outro negócio, etc. Essas são as novas opções de crescimento para negócios que já atingiram o seu ponto máximo de crescimento.

É muito importante ressaltar que a expansão empresarial se faz necessária também para as empresas que já estão satisfeitas com o potencial que atingiram. Afinal, se elas não buscarem formas de se desenvolver, a probabilidade da concorrência crescer e derrubá-las é realmente significativa.

De forma resumida, a expansão empresarial é importante para:

  • Sobreviver em um mercado cada vez mais competitivo;
  • Aumentar o lucro;
  • Ampliar o Market Share;
  • Ter mais influência.

Leia também: 6 dicas para sua empresa crescer!

Expansão empresarial: vantagens e cuidadosGráfico ilustrando possíveis resultados da expansão empresarial

A expansão empresarial possui diversas vantagens, mas também alguns cuidados que devem ser tomados. Claro que é imprescindível que exista um plano para que essa etapa aconteça, pois o objetivo é crescer e não fazer com que tudo que a empresa construiu ao longo dos anos seja perdido.

A economia de escala é uma das grandes vantagens da expansão empresarial, pois como a empresa já é notável, a probabilidade de conseguir descontos e melhores condições de crédito é mais alta. Outra vantagem é o volume de negócios, ou seja, em caso de determinada parte da empresa estar em risco, existem outros fluxos de renda que poderão ajudá-la a se reerguer.

Já os cuidados a serem tomados são em relação à gestão empresarial, pois em empresas cada vez maiores a gestão é mais complexa. Por isso, merece atenção especial para que não se torne engessada.

Outro cuidado é em relação a perda de foco, pois como a empresa está crescendo é possível que se perca o foco na qualidade dos produtos e também em qual é a razão para que a empresa esteja se desenvolvendo dessa maneira. Nesse caso, o foco de toda a equipe é imprescindível para que o sucesso desejado ocorra.

Estratégias de expansão empresarial

Existem duas estratégias principais quando se trata de expansão empresarial. A seguir vamos ver mais detalhes de quais são elas.

A estratégia de expansão empresarial orgânica se dá quando o caminho a ser seguido para acontecer o crescimento é por meio da criação de novos produtos, do aumento da penetração no mercado, na expansão no mercado ou do desenvolvimento de novos canais de distribuição.

Na criação de novos produtos é necessário que se saiba o que os seus clientes desejam, já na expansão da empresa no mercado é necessário pensar formas de vender mais do que já estava sendo vendido. Por fim, na expansão no mercado é necessário se pensar maneiras de fazer com que o seu produto alcance pessoas que ainda não são consumidoras.

Já o outro tipo de estratégia é a de expansão por fusão ou aquisição. Trata-se de fundir a empresa com outra ou comprar um concorrente. No caso da fusão, sinergia e equivalência de valores é mais do que essencial. Já na aquisição os custos são mais elevados, mas ao mesmo tempo a possibilidade de aumentar de forma significativa os lucros da empresa se faz presente.

Como elaborar e desenvolver o plano de expansãoEquipe reunida planejando a expansão empresarial

Antes de começar a elaborar o plano, é necessário ter algumas questões respondidas, como:

  • Quais são os objetivos com a expansão?
  • Quais são os resultados, tanto financeiros quanto econômicos, esperados?
  • Quais são os recursos necessários para a expansão?
  • Quais são os riscos e os desafios envolvidos?

Após responder esses questionamentos, o plano de expansão empresarial já pode ser desenvolvido. Ele deve conter:

  • O prazo para a expansão empresarial acontecer;
  • Os objetivos de marketing, ou seja, qual é o número de clientes que a empresa pretende conquistar com essa expansão. Também é importante destacar o número de clientes de acordo com datas específicas;
  • Os objetivos comerciais, ou seja, estimativa de venda e de lucro, além da análise do desenvolvimento;
  • As informações operacionais, como por exemplo, necessidade da compra de novos aparelhos.
  • As informações financeiras, como projeção de venda, despesas, entre outros.

Conclusão

A expansão empresarial não é somente uma busca por aumento de lucros, mas também uma forma da empresa conseguir sobreviver diante da concorrência. Mesmo que a empresa já esteja satisfeita com os lucros que dá, a expansão é necessária para evitar que a concorrência saia na frente.

Como existem diferentes formas de expansão empresarial, é importante que seja analisada a melhor forma de acordo com dados realistas e também com os objetivos que a empresa deseja alcançar. Após, é imprescindível que seja elaborado um plano, com todos os dados e informações para que esse processo seja focado e que atinja assim os resultados desejados.

Por fim, a expansão empresarial deve ser informada a toda a equipe de forma clara, para que não haja medo do novo e do desconhecido. É muito importante que todos estejam juntos em prol de um objetivo comum: o crescimento.

Restou alguma dúvida? Clique aqui para entrar em contato!

Conteúdos Relacionados:

6 dicas para sua empresa crescer

Análise de riscos do seu negócio

Métodos de Valuation: 3 maneiras de calcular o valor da sua empresa

Estudo de viabilidade econômico-financeira: o que é, como fazer e como não perder dinheiro com investimentos ruins

Gestão Financeira: a chave para o sucesso da sua empresa

Gestão Financeira Empresarial: 5 dicas para melhorá-la

 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *