Como-identificar-um-sucesso-startup

Nos últimos anos, startups vêm se tornando uma ameaça para as grandes corporativas pelo mundo. Com seus serviços e produtos inovadores, elas têm alterado de forma disruptiva os mercados em que infiltram. Assim, investir em startups é cada vez mais atraente.

Pense comigo um instante:  você se lembra da última vez que pegou um táxi?  Ou que baixou uma música pelo computador?

Uber, Spotify, Airbnb, WeWork são só alguns dos mais conhecidos exemplos de grandes startups que saíram de uma ideia no papel para grandes sucessos. Vemos mais e mais startups surgirem à medida que o tempo passa. Junto a isso, a lista de Unicórnios não para de crescer a cada ano.

 

Mas startups não eram as pequenas empresas?

Podem até começar pequenas, mas seus alcances têm sido grandes. Iniciam com uma ideia, se alimentam de grandes investimentos e em curto espaço de tempo, se tornam grandiosas.

No Brasil, com o mais recente desenvolvimento de ecossistemas de startups, a ascensão de fortes ideias está se facilitando. Alguns exemplos de startups brasileiras que demonstram excelentes resultados são empresas como a 99, Ifood e o Nubank, entre outras de uma lista que só tende a aumentar.

Como exemplo, recentemente, após mais uma rodada de investimentos, a NuBank se tornou o maior banco digital do mundo. A startup teve um valuation de mais de US$ 10,4 bilhões.

 

Investir nas startups de sucesso

Com essa ascensão, investir em Startups têm se tornado uma interessante possibilidade para investidores em busca de retornos maiores. Com equity crowdfunding, por exemplo, qualquer um se torna capaz de investir em startups. De igual maneira, tem sido mais fácil para que estas empresas busquem recursos para se financiar.

Entretanto, assim como todo investimento de certo risco, o investidor deve estudar bem suas condições.  Diferentemente de um equity crowdfunding imobiliário, por exemplo, identificar os fatores de risco pode ser mais complicado.

De certo, é impossível construir um padrão que irá garantir o sucesso de uma startup e, consequentemente, seu investimento. Porém, em meio a tantos cases de sucesso, podemos extrair fatores chave a serem observados antes de começar a investir, que podem ajudar a indicar um próximo grande sucesso.

 

Para investir em uma startup: o que ela precisa ter?

Uma ideia 

Toda startup nasce de uma ideia. Comumente ela é atrelada a um problema. Ou seja, uma startup idealiza um produto ou serviço que irá solucionar algum problema ou falha em algum mercado oportuno. Quase sempre são ideias que envolvem inovação e forte uso de tecnologia.

Mas não se engane! Apesar de ser o mais comum, um produto ou serviço não precisa ser  inovador. O grande diferencial da ideia de uma startup pode estar ligada a uma inovação em seu relação a seu uso, sua venda, percepção do cliente e por aí vai.  Enfim, a forma como este produto ou serviço é levado até seu o mercado de atuação tem grande relevância.

Veja o exemplo da Uber, no qual seus fundadores buscaram solucionar um problema que os afetava. O incômodo com a dificuldade de pegar um taxi e seu alto custo fez com que desenvolvessem a ideia do aplicativo.

Ademais, as startups devem, nas fases iniciais, focar no desenvolvimento da definição do problema. A partir dele, estruturar sua solução da melhor forma. Isso auxilia a garantir que haverá uma demanda real por esta solução depois que ela for colocada em prática e que trará seu sucesso.  Mas claro, uma boa ideia não basta!

Um bom time

Um empreendedor pode até ter uma ideia única e inovadora. Mas sem as pessoas certas ao seu lado, como desenvolvê-la?

Quando se pretende viabilizar e escalar uma ideia, é necessário ir atrás dos profissionais certos. Sem mencionar que, quase sempre startups iniciam com pouco (ou nenhum) capital. Consequentemente, as poucas escolhas das pessoas que irão auxiliar no desenvolvimento do negócio poderão ditar o futuro da startup.

Por isso, ao investir em startup, observe a presença de profissionais qualificados nas áreas a serem desenvolvidas. Isto irá influenciar muito em como o potencial da startup é percebido.

Muito se diz a respeito de serem pessoas que compartilhem os mesmos ideais que o empreendedor e tenha o perfil da empresa, o fit cultural. Sem dúvida, o caminho até o sucesso não é fácil e isso pode ser um indicador para garantir que o time estará dedicado até o final.

Uma boa execução 

Um bom time de uma startup

Você pode encontrar uma Startup com uma ideia incrível e com uma equipe extremamente qualificada. Porém, se não houver um bom plano de negócio, pode não dar em nada.

A execução da ideia propriamente dita é um ponto essencial para ser observado ao se avaliar o potencial de uma empresa que se pretende investir.

Assim, entender o planejamento,  a estratégia usada para entrar no mercado, como irão lidar com seus concorrentes, entre outros pontos, é de extrema importância.  São requisitos que irão influir no quão escalável e repetível será a ideia. O sucesso do retorno do investimento em startups está muito atrelado à capacidade que ela tem de se ampliar e conquistar mercado.

Leia também: COMO CALCULAR O VALOR DE UMA MARCA: 5 MÉTODOS MAIS APLICADOS

Timing certo

Certamente, você já viu alguma startup de sucesso que apresenta uma solução que várias outras empresas já trouxeram antes. Ou até serviço ou produto que você mesmo já tinha pensado antes. Acontece, e muito! Isso ilustra como o momento em que as soluções são inseridas no mercado pode ser decisório para o sucesso ou não de uma empresa.

As startups de grande sucesso souberam aproveitar momentos estratégicos do mercado. Por trazerem soluções novas, dependem muito de uma aceitação cultural de seus consumidores. Por isso, a fase pela qual a sociedade está passando pode ajudar, ou não, a definir o futuro do produto delas.

Veja por exemplo a ideia por trás da WeWork. A empresa percebeu uma forte necessidade atual, principalmente vinda de pequenos empresários, de encontrar um ambiente ao seu alcance financeiro para trabalhar. Visualizou, entre outros pontos, o crescimento de freelancers e da alteração da demanda por ambientes de trabalho como espaços mais modernos e até colaborativos.

 

Não há como negar que Startups são empresas muito dinâmicas. Por consequência, sempre existirão exceções. Mas estes podem ser alguns elementos importantes a se observar que tendem a impulsionar seu crescimento. 

Já é possível, com as modalidades de investimento coletivo, facilmente investir  em startups que podem ser o novo grande sucesso do país.

Os agentes de equity crowdfunding, que  tem crescido no Brasil, trazem a possibilidade aos investidores de se conectar às selecionadas startups com interessantes retornos. Ainda sim, é preciso estar antenado em todo o mercado para  investir em empresas que tem grande potencial.

 

 Planilha de Avaliação de Startup 

Para ajudar você a fazer uma análise mais qualitativa a respeito de seu potencial, dá uma olhada em nossa Planilha Gratuita de Avaliação de Startup. Através dela e outras pesquisas mais aprofundadas, você consegue ajudar na avaliação da relação entre o risco e o potencial da Startup em seu investimento.

 

ACESSAR PLANILHA

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *