ilustracao-sistema-erp

A tecnologia veio para criar novos produtos e serviços, ampliando os mercados e abrindo novas oportunidades. O mesmo acontece com a gestão empresarial. Os sistemas ERP de automação comercial representam um salto evolutivo em busca de uma administração mais eficiente e dinâmica para diversos tipos de negócios.

Diante dessas inovações surgem diferentes perguntas. Qual a vantagem em implantar um ERP em minha empresa? Como a automação comercial pode melhorar o andamento do meu negócio? São sobre essas e outras questões que falaremos neste artigo.

Saiba o que é ERP

ERP significa Enterprise Resource Planning, ou Planejamento dos Recursos da Empresa. É basicamente um software de automação comercial desenvolvido para auxiliar na gestão dos diversos setores de uma empresa.

Desta forma, seu negócio deixa de lado a administração fragmentada e manual e passa a contar com um modelo de gerência centralizado num ambiente digital, mais dinâmico e eficiente, capaz de responder melhor às demandas do mercado.

O ERP trabalha de modo interligado e em tecnologia cloud, ou seja, os diferentes computadores de sua empresa contam com um único sistema integrado, que facilita o acesso de qualquer lugar, seja na empresa matriz, em suas filiais ou mesmo em casa.

Esse modelo ainda representa maior segurança na armazenagem de dados, pois, caso um computador tenha problemas, os dados estarão armazenados no servidor da empresa fornecedora do ERP.

Como funciona o ERP?

Cada sistema ERP tem sua própria linguagem de gestão, mas na prática todos buscam otimizar a gerência empresarial, tornando o processo de tomadas de decisões mais produtivo e oferecendo ao empresário dados sólidos sobre sua empresa.

Dentre os setores otimizados pela implementação de um sistema ERP podemos destacar:

  • Fluxo de caixa: as saídas e entradas diárias e os relatórios mensais de quanto sua empresa está ganhando e gastando são controlados com total precisão. Isso coloca de lado o velho caderno de caixa e faz com que o seu negócio se torne mais rigoroso no controle financeiro.
  • Contas a pagar e receber: outra parte fundamental do controle de fluxo de caixa são os gastos e lucros futuros. O ERP promove um controle apurado neste setor, garantindo que sua gestão não tenha surpresas desagradáveis.
  • Estoque: o controle do volume de produtos que sua empresa possui é parte fundamental para uma gestão de sucesso. Assim evitamos gastos desnecessários com produtos com pouca saída ou estoques falhos, que acabam gerando perda de vendas.
  • Fornecedores: ter um cadastro detalhado dos seus principais fornecedores pode mudar a forma como sua empresa se desenvolve no mercado. O ERP facilita a gestão de descontos, margens de lucro e negociação com os fornecedores, o que influencia diretamente na precificação de seus produtos.

A automação comercial como ferramenta de gestãoIlustração de trabalhadores construindo um sistema automatizado ERP

A grande questão empresarial do nosso tempo é a adaptação. Empresas que não se adaptam ao mercado acabam sendo substituídas por outras, mais capazes e inovadoras.

Não podemos falar de adaptação sem considerar os sistemas ERP. Eles são parte de um movimento de inovação tecnológica que está transformando nossa sociedade e também a forma como gerimos as empresas.

Durante muito tempo a prática da administração empresarial pregou o controle fragmentado, com diversos setores atuando quase que de forma autônoma. Com a chegada a internet, novas ferramentas surgiram e a forma de controlar os diversos setores de uma empresa evoluiu.

O que os sistemas ERP proporcionam é uma unificação em prol da qualidade da gestão. Menos decisões tomadas em contextos individuais e mais atitudes baseadas em dados reais.

Bônus: Além da utilização de um sistema ERP, temos outras dicas de gestão financeira para impulsionar o seu negócio.

A redução dos riscos empresariais, o maior controle das contas, maior redução de gastos e melhor gestão do tempo são os principais objetivos que um sistema de automação ERP busca criar dentro de uma empresa.

Desta forma o ERP oferece maior segurança ao empreendedor, atuando como um painel de controle de tudo o que acontece dentro de seu empreendimento, automatizando funções que dependiam de muito esforço manual e otimizando a maneira como o seu negócio lida com a produtividade.

Como o ERP pode ajudar o meu negócio?

A primeira coisa para compreender como um sistema de automação comercial poderá ser útil para a sua empresa é saber um pouco da dinâmica empresarial.

Cada negócio representa uma coleção de dados. Cada aumento ou queda nas vendas, cada novo imposto ou taxa de transporte, cada corte ou aumento no número de funcionários; tudo isso são dados.

Uma empresa que não é capaz de interpretar os próprios dados estará navegando às escuras dentro de um mar de incerteza econômica, concorrência acirrada e constante necessidade de aprimoramento.

O sistema ERP surge como uma central de triagem e leitura de dados, que se adapta ao estilo do seu negócio. Através dos relatórios criados pelo ERP cada empresa pode analisar, com maior exatidão, o comportamento interno de suas contas.

Assim as decisões podem ser tomadas não apenas baseadas em “achismos”, mas em números e informações reais, que refletem o ritmo de crescimento de cada tipo de empresa.

Aproveite para conferir os principais indicadores financeiros que você deve prestar atenção para acompanhar a saúde financeira do seu negócio.

Existem muitas vantagens ao optar por automatizar a gestão comercial, mas destacamos os principais pontos:Gestores com computadores e tabelas discutindo resultados de um sistema ERP

Maior controle financeiro: uma empresa que não sabe exatamente o quanto lucra, ou o quanto gasta, não pode crescer de maneira constante e saudável. Com o ERP, o seu empreendimento passa a gerenciar de perto cada entrada e saída, criando assim um relatório de fácil leitura sobre o ritmo de vendas do seu negócio.

Controle de gastos mais eficiente: muitas empresas fecham as portas não por falta de vendas, mas por descontrole nos gastos. Uma empresa que gasta demais está jogando fora a oportunidade de crescer. A automação comercial é muito eficiente em controlar gastos e pode ajudar o empresário a investir corretamente o seu capital.

Melhor gestão dos funcionários: um bom sistema ERP ajudará sua empresa a gerir também o setor de RH. Dados como folhas de ponto, férias, folgas e horas extras podem ser administrados digitalmente com maior eficiência. Isso representa menores atritos entre funcionários e patrões e um ambiente de trabalho mais agradável.

Rotina contábil menos burocrática: os sistemas de automação facilitam a rotina das empresas no que se refere à geração e administração de documentos contábeis. Fica mais fácil separar relatórios de lucros reais, dados trabalhistas e outros assuntos burocráticos que geralmente consomem muito tempo dos empresários.

Maior assertividade na tomada de decisões: sua empresa precisa avançar ou recuar? Este é o momento de investir em ampliar sua atuação ou de negociar com seus credores? Uma das maiores vantagens de um sistema ERP é a chance de compreender melhor as oportunidades empresariais. Baseando-se nos dados gerados, é possível que o empresário tome suas decisões de maneira a atingir o sucesso, minimizando os riscos.

Resumindo

Não podemos mais falar em gestão de empresas sem falar dos sistemas ERP. A automação comercial veio para ficar e a tendência do mercado é que cada vez mais negócios passem a usar esta ferramenta.

O ERP é um aliado poderoso na hora de tomar as rédeas do controle do seu empreendimento, melhorando a forma como sua empresa é gerida, convertendo dados em informações fundamentais para maior lucratividade.

Se sua empresa busca a excelência no mercado e mais eficiência, o ERP é a solução ideal para o seu negócio.

Gostou de saber sobre ERP? Nos conte nos comentários ou clique aqui para entrar em contato.

 

Conteúdos Relacionados:

Entenda as diferenças entre contas a pagar e a receber para saber se organizar

O que é inventário de estoque: como e porque fazer [5 fases]

6 dicas de gestão financeira para impulsionar seus negócios

Eficiência Operacional: saiba a fazer mais com menos

Controle Financeiro Empresarial: principais fatores

 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *