Gestor pensando em sua estratégia de Networking

Por mais simples que o conceito possa parecer, Networking vai muito de uma rede de contatos e poucas pessoas sabem aproveita-lo adequadamente. Para ser estratégico e gerar o máximo proveito, deve ser feito visando criar e nutrir uma rede de pessoas que podem ser valiosas para você e para o seu negócio.

Pensando nisso, preparamos um artigo para te ajudar a fazer, ampliar e manter um bom Networking. Continue com a leitura!

O que é Networking?

Network é um termo em inglês no qual “net” significa rede e “work”, trabalho. Basicamente o conceito está relacionado à uma rede de contatos ou de relacionamento em que pessoas trocam informações e conhecimentos. Porém, o conceito vai muito além da simples rede de contatos.

Para ser útil, a estratégia deve estabelecer e nutrir um relacionamento, caso contrário serão apenas contatos sem valor. Por isso, trabalhar essa rede de forma eficaz, é fundamental. Além disso, não basta apenas conseguir novos contatos, mas manter os antigos.

O networking então é uma maneira de cultivar relações profissionais e utilizá-las para alguma finalidade, a partir da troca de informações e serviços entre indivíduos que têm interesses em comum.

O verdadeiro Networking se baseia em relações de troca de longo prazo, onde você pode auferir de benefícios se oferecer algo em troca, tendo em mente as ideias de colaboração e interdependência. E é assim que o Networking pode ser um diferencial para o seu sucesso profissional.

Importância do NetworkingPessoas se unindo através do Networking

Tanto no âmbito pessoal, quanto no profissional, o Networking é fundamental. A convivência e o apoio de pessoas com propósitos e objetivos similares ou mesmo diferentes são essenciais para ampliar a visão do mundo e do seu próprio negócio.

Do ponto de vista da carreira pessoal, conviver com pessoas inspiradoras permite aprimorar ideias e ampliar o potencial inovador e criativo. Assim, torna-se possível melhorar as oportunidades de crescimento e ampliar os conhecimentos, informações, ideias, contatos e experiências, como também, subir na carreira.

Já nos negócios, o Networking mostra-se crucial tanto para quem está começando a empreender, como para quem já está no mercado. É preciso buscar as pessoas certas e que tenham a mesma ambição que você: resultado.

Um Networking bem feito permite abrir portas para diversas oportunidades, conquistar novos clientes, se conectar com investidores, validar ideias com especialistas no mercado, ajudar e ser ajudado nos desafios do mundo dos negócios, obter informações relevantes, aprofundar relações com parceiros, clientes e fornecedores, tornar a empresa ou ideia de negócio mais conhecida, aumentar a visibilidade profissional, desenvolver a carreira, entre outros diversos benefícios.

Nessa conexão com outras pessoas, você entende as novas tendências, o movimento da concorrência, potencializa as oportunidades de crescimento da sua empresa, conhece as estratégias que mais funcionam, troca experiências e informações e assim, torna-se ainda mais bem-sucedido.

Mas por onde começar?

Primeiramente é necessário ter uma estratégia clara: saber onde se quer chegar, pensar em todas as possíveis conexões que podem te ajudar a atingir seu objetivo e abordar de forma adequada, mostrando a importância que a pessoa tem para você e o que você tem de benefícios para oferecer.

Por mais simples que uma conversa pareça, é sempre uma oportunidade de criar ou expandir sua rede. Cabe ressaltar que quantidade não é o foco principal, mas sim, qualidade e que o Networking não deve ser uma consequência, mas sim, uma prioridade.

Além disso, hoje em dia não é necessário um encontro físico. Você pode buscar pessoas nas redes sociais e entrar em contato através de e-mails, por exemplo. A tecnologia é uma facilitadora nesse aspecto.

Gestor pensando nos alvos que deseja atingir através de NetworkingListe seu objetivo e o tipo de pessoa que você quer atingir e mapeie as estratégias:

Busque oportunidades para conhecer pessoas novas, pesquise e frequente lugares diferentes, participe de eventos, reuniões, fóruns de discussão, almoços, encontros inesperados, meet ups, palestras, happy hours, feiras, convenções, cursos, entre outros. Qualquer lugar em que pessoas que você quer se conectar frequentam podem ser uma oportunidade, por isso, aceite convites e crie oportunidades.

É essencial perder a timidez, trabalhar aptidões interpessoais, procurar pessoas e saber se expressar, mas se você ainda enfrenta problemas para começar sozinho, peça que intermediários lhe apresentem ou faça contatos iniciais de forma virtual para que o primeiro contato seja mais tranquilo.

Além disso, pensar anteriormente no que vai ser dito e com que você irá conversar é muito importante. Por isso, já vá com um pitch preparado defendendo sua marca pessoal, ou seja, o que você oferece e qual o seu objetivo.

Leia também: 10 dicas para pitch infalíveis nos negócios

Hora do Follow-up:

Ok, você conheceu pessoas novas e que podem ser cruciais para o sucesso do seu negócio e também podem precisar de você. Qual o próximo passo? Falar novamente após a ocasião em que se conheceram.

Uma dica valiosa é sempre trocar cartões de visita, assim você pode avaliar quem é interessante para você, qual o seu objetivo e o que você pode oferecer em troca e, assim, mandar um e-mail ou adicionar em uma rede social, lembrando de comunicar com uma certa frequência. Um único contato é facilmente esquecido.

Lembre-se que da mesma forma que você está agindo, pessoas também vão se conectar com você, por isso é essencial manter as redes sociais atualizadas, principalmente o Linkedin que é hoje um dos mais usados para Networking. É importante mostrar o que você já fez e o que faz atualmente, enaltecer suas conquistas e criar conteúdo relevante. Seja visível e ativo, curta, compartilhe e comente aquilo que lhe interessa, publique conteúdos relevantes e autênticos que os diferenciam dos demais, mostre-se interessante e informado.

As pessoas precisam ver que você está presente e pronto para novas oportunidades, assim quando surgirem, vão lembrar de você, dar uma referência ou fazer uma indicação. A medida que você conhece pessoas, pode pensar em como estas podem te ajudar a conhecer ainda mais pessoas, por exemplo, um cliente te indicar para outro. É assim que sua rede vai crescendo e se tornando extremamente poderosa. Não basta apenas adicionar a pessoa, mandar um e-mail e esperar de braços cruzados.

Também não é adequado aparecer apenas quando precisa de alguma coisa. A relação não é egoísta, mas sim, recíproca. Seja útil e mostre como você pode ajudar, mesmo sem querer nada em troca ou buscando um benefício mútuo no futuro. Assim, você se torna inesquecível.

Dicas extras

Cada pessoa tem sua forma de nutrir as conexões conforme sua personalidade e vão ganhando experiência ao longo do tempo. Porém, algumas dicas podem ser bastante úteis:

  • O principal erro que as pessoas cometem é: procurar pessoas apenas quando precisam de algo. Você precisa ser lembrado e mostrar seus benefícios. Aparecer apenas em horas oportunas torna sua imagem interesseira;
  • Não use o Linkedin como um Facebook profissional: é necessário filtrar seus contatos e estabelecer conexões que tenham significado e possam trazer benefícios. Novamente, qualidade vale muito mais do que quantidade;
  • Da mesma forma que você está procurando pessoas, pessoas também podem estar te procurando. Por isso, por mais que não pareçam interessantes para você no momento, responda de forma gentil, você pode precisar delas no futuro;
  • Não seja a pessoa que gosta apenas de falar e enaltecer asa próprias qualidades e do próprio negócio. Faça perguntas e demonstre interesse nas respostas, busque saber sobre o outro;
  • Viu alguma coisa e lembrou da pessoa? Mande uma mensagem personalizada e mostre que pensou na pessoa e em como ajuda-la;
  • Primeira impressão é a que fica, por isso busque para que esta seja a melhor possível, talvez você não tenha outra oportunidade para modificá-la;
  • Não fale mal dos outros e não tente enaltecer suas qualidades frente aos defeitos dos outros, isso não vai ser bem visto e pode passar impressões erradas sobre você.

Gostou de saber sobre Networking? Nos conte nos comentários ou clique aqui para entrar em contato!

 

Conteúdos Relacionados:

10 dicas para pitch infalíveis nos negócios

Economia Colaborativa: conheça a nova tendência

6 dicas para sua empresa crescer

CEO, CFO e COO: você sabe o que significam?

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *