pessoa-calculando-a-revisao-orcamentaria

Para começarmos a entender a necessidade de uma revisão orçamentária, vamos pensar em um barco que sai de um porto com uma rota traçada para chegar a um determinado destino. Se as águas estiverem calmas, basta seguir o planejamento.

Mas se os ventos estiverem muito fortes ou aparecer uma tempestade no meio do caminho, a necessidade de mudança de rota é evidente. Ou seja, a mudança de planejamento em alguns momentos é necessária.

Ora, a cada novo ano empresários, CFOs, contadores, controllers, sócios e acionistas fazem reuniões e mais reuniões para definir os gastos da empresa neste novo período. Este planejamento, no entanto, tal qual a rota do barco, vai ser submetido a centenas de fatores externos, muitos dos quais são impossíveis de prever.

O que é Revisão Orçamentária?moedas-junto-com-um-computador-para-representar-a-revisao-orcamentaria

Em resumo, a revisão do orçamento é uma correção nos rumos planejados em termos de gastos para um determinado período de tempo. Sabemos que o planejamento orçamentário é uma ferramenta importante na gestão financeira, que prepara a companhia para o período, reduz riscos e maximiza oportunidades.

Isso não quer dizer que o orçamento de capital não possa ser revisto. Ao contrário disso, fatores externos podem aparecer e, neste caso, repensar a rota pode ser um exercício poderoso rumo à excelência de gestão.

Sabemos que o planejamento orçamentário é baseado em determinados cenários econômicos, políticos e organizacionais. No entanto, sabemos também que estes cenários são instáveis e podem mudar de uma hora para outra.

Neste sentido, estar preparado para uma revisão do orçamento é uma atitude bastante inteligente. Vamos saber melhor quando ela é necessária.

Como e quando fazer revisão orçamentária?

Chegou aquele período do ano em que as empresas realizam a revisão orçamentária mas você ainda não está preparado para isso? Pois saiba que se sua empresa não revê as previsões estabelecidas no orçamento, há uma grande chance de que seu negócio fique por fora das mudanças internas e externas.

O resultado disso é a perda de oportunidades e o aumento do risco de não atingir os objetivos planejados.

Quando os cenários previstos não ocorrem por influências de variáveis externas incontroláveis, a revisão das metas orçamentárias torna-se necessária, de forma a adequar o real e o orçado. Algumas dessa variáveis são:

  • Políticas Públicas – Novos rumos adotados pela política pública podem fazer com que as previsões orçamentárias tenham que ser revistas;
  • Cenário Econômico – Estamos sujeitos ao crescimento, ao desenvolvimento ou a crises geradas pelas políticas públicas adotadas, e até mesmo a reações do mercado em virtude de movimentos internacionais da economia;
  • Cultura Social – Uma mudança de comportamento da sociedade pode alterar completamente o cenário previsto na elaboração do orçamento;
  • Outras variáveis não controláveis – São diversos os fatores que podem afetar o cenário econômico e, por consequência, criar a necessidade de uma revisão orçamentária.

Você certamente já notou o quão proveitoso pode ser readequar um orçamento em função do grande número de variáveis que atingem os negócios. Mas então, qual é o impacto que essa mudança de rumos tem na sua empresa? Continue lendo este artigo e descubra!

Qual é a real importância da revisão orçamentária

Em primeiro lugar é necessário estar preparado para quando o momento da revisão do orçamento chegar. Ou seja, o responsável financeiro deve já ter elaborado corretamente o orçamento, criado cenários alternativos para situações pelas quais um negócio pode passar e ter ainda um excelente acompanhamento dos números.

Este acompanhamento inclui uma análise do que foi planejado, o que foi realizado e qual é o histórico para um determinado período. Uma revisão do orçamento não é a simples reduções de gastos no momento da crise, ela vai muito além disso.

Imagine uma empresa de bens de consumo que espera altos investimentos para um ano, mas no meio do caminho uma crise internacional faz com que os seus clientes recuem nas compras. É muito claro que uma revisão desse planejamento é altamente necessária para que a saúde financeira da empresa não seja colocada em risco.

Por outro lado, em um determinado ano, essa mesma empresa espera que o consumo seja baixo, mas o mercado acaba, por um motivo ou outro, se mostrando mais aberto para o consumo do produto produzido por ela. Aumentar os investimentos, neste caso, pode ser fundamental para que uma grande oportunidade não passe sem ser aproveitada.

Prepare-se e faça uma revisão de orçamento perfeitaalvo-sendo-colocado-para-definir-a-boa-revisao-orcamentaria

Lidar com a saúde financeira de uma empresa é uma responsabilidade enorme e isso deve ser feito por profissionais perfeitamente capacitados para essa missão. É preciso estudar não só a parte técnica, mas também ter uma visão de mundo madura para que se entenda as mudanças às quais estamos expostos.

Um profissional com uma ótima formação, que esteja antenado com os noticiários e com os movimentos da sociedade, terá muito mais condições de fazer revisões perfeitas em um orçamento, salvaguardando a saúde financeira da empresa e não deixando oportunidades escaparem.

Algumas empresas oferecem esse tipo de assessoria para que tanto a elaboração de um orçamento quanto uma possível revisão sejam feitas de maneira excelente. Consulte a Investor e venha saber mais sobre finanças corporativas!

Para entrar em contato com nossos consultores, clique aqui!

 

Conteúdos Relacionados:

Gestão financeira: a chave para o sucesso da sua empresa

Gestão financeira: 5 erros para não repetir

O que é orçamento de capital? Entenda sua importância na análise de investimentos

Como fazer inventário patrimonial e os impactos no orçamento

Controle de patrimônio e orçamento: como um afeta o outro?

 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *